Zagueiros marcam e Bugre volta vencer na Série B

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Terminou a sequência de resultados negativos do Guarani na Série B. Na tarde deste sábado, no Brinco de Ouro, o alviverde campineiro reencontrou o caminho das vitórias ao vencer o Santa Cruz por 2 a 0, em duelo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Willian Rocha e Ewerton Páscoa, ambos de cabeça, fizeram os gols da partida.

Com o resultado o Guarani é o sexto colocado com 31 pontos ganho. O próximo confronto da equipe é contra o Figueirense, no próximo sábado (26), às 19h, no Orlando Scarpelli, em Santa Catarina.

O Jogo

Para tentar acabar com o jejum de 7 jogos sem vitória, o técnico Vadão tomou medidas extremas e promoveu uma verdadeira limpa na equipe Bugrina. Foram sete alterações no total: Vagner, Willian Rocha, Ewerton Páscoa, Bruno Nazário, Juninho, Rentería e Caíque entraram no time titular. O Bugre inciou com: Vagner; Lenon, Willian Rocha, Ewerton Páscoa e Gilton; Evandro, Betinho, Bruno Nazário, Juninho e Caíque; Rentería.

A partida começou muito movimentada. A ordem era vencer a qualquer custo, porém o Guarani teve competência, paciência e soube usar a cabeça diante do Santa Cruz. Literalmente. Logo aos 4′, Juninho recebeu pela esquerda, limpou para o meio e chutou com muito perigo. O Guarani tinha muitas opções dentro de campo e soube usufruir muito bem disso, principalmente quando se tratou de bola aérea.

Aos 6′, Gilton em sua especialidade, arremessou a bola para área, Caíque subiu e obrigou Julio César colocar a bola para escanteio. Na cobrança, Bruno Nazário mandou com maestria e Willian Rocha subiu mais que todo mundo para testar firme e abrir o marcador, aos 7′. O gol foi o segundo do zagueiro com a camisa do Guarani no Campeonato Brasileiro da Série B. 7

Não deu nem tempo de comemorar. Aos 8′, Nazário bateu falta pela esquerda, Ewerton Páscoa subiu sozinho e cabeceou firme para ampliar o marcador. Era o segundo gol do Bugre e o primeiro do zagueiro em seu retorno ao Brinco de Ouro. Os gols deram tranquilidade mas mesmo assim o alviverde criava e levava perigo. Aos 14′, Nazário cobrou mais um escanteio e Rocha cabeceou por cima.

O Santa Cruz chegou apenas aos 29′, Anderson Salles cobrou falta e a bola tirou tinta do poste de Vagner. O Guarani ainda teve a oportunidade de fazer o terceiro no fim do primeiro tempo. Aos 38′, Nazário driblou para o meio, chutou com perfeição e a bola explodiu na trave de Julio César.

O segundo tempo começou com o Santa Cruz assustando. Aos 2′, Yuri escapou pela direita, cruzou para trás, Bruno Paulo chutou à queima-roupa mas Vagner deu seu cartão de visita operando um milagre. O goleiro aliás, foi o destaque da segunda etapa. Aos 13′, Bruno Paulo tabelou com Grafite e chutou para ótima intervenção do arqueiro. Aos 20′, Grafite invadiu a área mas chutou torto.

Para tentar conter o ímpeto do adversário, Vadão promoveu as entradas de Bruno Mendes, Richarlyson e Felipe Pará. O Santa tentou até o final, porém foi o Bugre que terminou assustando. Aos 41′, o estreante Bruno Mendes quase fez o dele. Nazário cruzou, a bola sobrou para o atacante mas o volante João Ananias salvou o chute em cima da linha.

A vitória Bugrina coloca um ponto final na série de resultados negativos na segunda divisão nacional. No próximo sábado (26) o alviverde vai até Santa Catarina enfrentar o Figueirense, às 19h, no Orlando Scarpelli.

Ficha Técnica

Guarani Futebol Clube x Santa Cruz Esporte Clube
Estádio Brinco de Ouro, em Campinas – SP

Arbitragem: Emerson de Almeida Ferreira – MG, Celso Luiz da Silva – MG e Ricardo Junio de Souza – MG
Gols: Willian Rocha, aos 6′ e Ewerton Páscoa, aos 8′ do 1º T
Cartões Amarelos: Guarani: Evandro – Santa Cruz: Ninho, Anderson Salles, Derley e Bruno Paulo
Cartão Vermelho:
Público e Renda:  2.563 – R$ 32.166,00

Guarani Futebol Clube

Vagner; Lenon, Willian Rocha, Ewerton Páscoa e Gilton; Evandro, Betinho, Bruno Nazário, Juninho (Richarlyson) e Caíque (Felipe Pará); Rentería (Bruno Mendes)  – Técnico: Vadão

Santa Cruz Esporte Clube

Julio Cesar; Nininho, Anderson Salles, Sandro e Yuri; Derley, Elicarlos (João Ananias) e Léo Lima (Júlio Sheik); Bruno Paulo, André Luis (Augusto) e Grafite – Técnico: Givanildo Oliveira

 

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email