Guarani empata com Red Bull e termina a pré-temporada invicto

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O Guarani terminou hoje sua preparação para a disputa do Campeonato Paulista da Série A2. O Bugre foi até a cidade de Atibaia para enfrentar a equipe do Red Bull. Em seu último jogo-treino antes da estreia, o alviverde empatou pelo placar de 2 a 2. Os gols bugrinos foram marcados por Marcinho e Uederson. Rodrigo e Misael fizeram os gols do adversário.

O Guarani entrou em campo com algumas mudanças em relação ao último jogo diante a Inter de Limeira. Luis Henrique, Alef, Auremir e Renato ganharam a posição nos lugares de Passareli, Philipe Maia, Ernani e Denis Neves. Assim, o time titular do Bugre teve a seguinte escalação: Luis Henrique; Lenon, Alef, Jussani e Gilton; Escobar, Auremir, Renato, Marcinho e Fumagalli; Braian Samudio.

Com a bola rolando, o Guarani foi surpreendido logo no começo da partida. No primeiro minuto de jogo, o Red Bull fez boa trama de passes e a bola sobrou para Rodrigo concretizar e abrir o placar. Aos poucos o alviverde foi equilibrando as ações do jogo e conseguindo encaixar seu sistema de jogo. Após cobrança de escanteio de Fumagalli, Jussani cabeceou firme e quase empatou a partida.

O gol de empate bugrino estava próximo. Mais uma vez, em bola aérea, o Guarani chegou com perigo: Lenon cruzou e Braian cabeceou fraco, nas mãos do goleiro Saulo. De tanto insistir, saiu o gol de empate. Fumagalli cobrou escanteio pela direita, a bola sobrou nos pés de Marcinho, que só empurrou para o gol. Este foi o último lance do primeiro tempo. Na segunda etapa, o técnico Ney da Matta fez apenas uma mudança na equipe. Philipe Maia entrou no setor defensivo na vaga de Alef. Apesar de mexer apenas uma vez, a mudança de postura do Bugre foi radical. A equipe, melhor distribuída taticamente, dominou as ações e encurralaou o Red Bull em seu campo de defesa.

As principais jogadas foram nas costas dos laterais adversários. Em uma dessas tentativas, o zagueiro Jussani achou o atacante Uederson, que havia entrado no lugar de Fumagalli, em posição legal. O atacante dominou, carregou, driblou o goleiro e marcou o gol da virada. Em vantagem, Ney da Matta começou a mexer na equipe e reformulou todo o time. Na segunda parte da segunda etapa, o Bugre jogava com: Passareli; Bruno, Philipe Maia, Léo Rigo e Ernani; Evandro, Escobar, Chiclete, Uederson, Rogério e Lorran. O Red Bull também aproveitou para realizar algumas mudanças na equipe. No final do jogo, os donos da casa empataram a partida: Misael recebeu pela esquerda e chutou no canto baixo de Passareli. Houve tempo ainda do árbitro anular dois gols, um do Bugre com Rogério e outro do Red Bull, com Bruno.

Com o resultado o Guarani finalizou sua preparação para a A2 invicto. O Bugre venceu o Nacional por 3 a 1, a Inter de Limeira, por 2 a 1 e empatou com o Red Bull em 2 a 2. A estreia no Paulista acontece dia 28 de janeiro, às 11h, contra o Oeste, no estádio Brinco de Ouro.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email