Guarani empata com o São Bento

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O Guarani recebeu o São Bento na noite desta quinta-feira (14), no Brinco de Ouro, pela décima primeira rodada do Campeonato Paulista da Série A2. O Bugre criou, foi melhor durante a partida, mas não concretizou as chances criadas em gol e ficou no empate por 0 a 0.

Com o resultado, o Alviverde chega aos 15 pontos e sobe para a sétima colocação na tabela de classificação. O próximo confronto é na terça-feira, às 21h30, contra o Avaí, em Florianópolis.

O Jogo

Sem Ricardinho suspenso e Lenon negociado, o técnico Umberto Louzer promoveu as entradas de Kevin e Denner no time. O Bugre iniciou o confronto contra o São Bento com: Bruno Brígido; Kevin, Philipe Maia, Edson Silva e Pará; Baraka, Denner, Guilherme, Rafael Longuine e Caíque; Bruno Mendes.

A partida começou muito disputada no setor de meio-campo. O Guarani porém, melhor disposto taticamente, iniciou com o controle das ações. A primeira chegada foi aos 13′. Sem conseguir infiltrar, Edson Silva carregou com liberdade até a intermediária de ataque, arriscou de perna esquerda e o goleiro do São Bento se jogou nela para espalmar.

Com liberdade pelos lados do campo, o atacante Erik era o principal elo entre o meio e o ataque. Aos 18′, o camisa 7 recebeu pela direita, driblou o marcador mas chutou por cima. O São Bento respondeu aos 19′. Everaldo aproveitou a bobeada de Philipe Maia, invadiu a área e chutou cruzado. Bruno Brígido defendeu com segurança. Aos 20′, Denner quase abriu o marcador. O meia recebeu de frente, carregou e chutou forte. Rodrigo Viana espalmou e evitou o primeiro do Bugre.

Com o passar do tempo, o ímpeto inicial diminuiu. Com as linhas altas, o São Bento dificultava a saída de jogo e o Alviverde tentava chegar ao campo de ataque através da ligação direta. Porém, as tentativas não foram suficientes para criar oportunidade de abrir o marcador ainda no primeiro tempo.

Assim como no primeiro tempo, a segunda etapa começou em ritmo mais lento, apontou uma melhora na metade mas perdeu qualidade na parte final. O Guarani ensaiou um princípio de pressão aos 17′. Bruno Mendes cruzou a bola na área, mas Longuine não alcançou. Aos 22′, o camisa 9 Bugrino desperdiçou a melhor chance do jogo. Guilherme dominou de costas, ajeitou e o atacante, dentro da pequena área, chutou por cima.

Aos 25′, o Bugre chegou marcar. Edson Silva subiu e testou firme para o gol. Porém, o auxiliar invalidou sob alegação de que a bola havia saído antes mesmo de chegar a área. Umberto Louzer até tentou reanimar o Alviverde com as entradas de Guilherme, Matheus Oliveira e Gabriel Poveda, porém o ataque Bugrino parou no ferrolho armado pelo São Bento.

Ficha Técnica

Guarani Futebol Clube x Esporte Clube São Bento
Estádio Brinco de Ouro, em Campinas
Arbitragem: Jailson Macedo Freitas (BA), Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA) e Paulo de Tarso Bregalda Gussen (BA)
Gols: –
Cartões Amarelos: GUA: Edson Silva | SBO: Douglas Assis e Celsinho
Cartão vermelho: –
Público e Renda: 2.237 – R$ 27.209,00.

Bruno Brígido; Kevin, Philipe Maia, Edson Silva e Pará; Baraka e Denner; Rafael Longuine (Guilherme), Erik (Gabriel Poveda) e Caíque (Matheus Oliveira); Bruno Mendes –  Técnico: Umberto Louzer

Esporte Clube São Bento

Rodrigo Viana; Everton Silva, Luizão, Douglas Assis e Paulinho; Fábio Bahia, Dudu Vieira Maicon Souza (Lucas Crispim) e Cássio Gabriel (Celsinho); Everaldo (Marcelinho) e Ronaldo – Técnico: Paulo Roberto Santos.
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email