Guarani é líder em números na Série B. Confira!

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

A campanha do Guarani no Campeonato Brasileiro da Série B surpreende não só pela posição na tabela, como também pelos números alcançados. O alviverde passou catorze das dezesseis rodadas dentro do G4 e doze dessas catorze o Bugre esteve entre a primeira e a segunda colocação. Além disso, o bom momento dentro de campo reflete também no campo das estatísticas e da análise de desempenho. Gabriel Remédio, responsável pelo CIDFUT do Guarani, elaborou um relatório sobre o desempenho da equipe na Série B e o resultado mostra que o alviverde lidera em alguns números na competição nacional.

De acordo com o relatório, o alviverde é primeiro nos seguintes aspectos: finalizações, finalizações corretas e menor número de cartões. No quesito finalizações, o Bugre realiza em média 14,8 por partida. Sendo 5,1 corretas por jogo. Outro dado que chama atenção é o número de cartões amarelos. O Bugre é o time mais disciplinado do campeonato com apenas 17 cartões amarelos, com média de 1,1 por partida.

Além de liderar nos quesitos mencionados acima, o Bugre também possui números que ficam acima da média da competição em outras áreas. São elas: Total de passes ( *MG: 352,5 – *MC:343) ,  % de passes certos (*MG: 89% – *MC:87%), Roubadas de bola (*MG: 16 – *MC: 14,6) e Dribles certos (*MG: 2,9 – *MC: 2,4).

Gabriel Remédio coordena o CIDFUT – Gabriel Ferrari / GuaraniPress

 

Esses números são coletados pelo Centro de Inteligência em Desempenho no Futebol, coordenado pelo analista Gabriel Remédio. Em contato com a assessoria de imprensa, Gabriel falou sobre a importância desses dados: “A análise desempenho não consiste apenas em coletar os números, mas também interpretá-los. Além da análise dos adversários, para que se diminua a chance de erro e aumente a chance de acerto durante a partida, e a comissão tenha o maior número de informações possível sobre a equipe que iremos enfrentar”, explicou.

“Minha função é coletar os dados, interpretar e passar a informação pronta para a comissão técnica trabalhar em cima de situações concretas. A partir desses dados eles analisam o que está dando certo, o que deve ser melhorado em relação as outras equipes da competição”, finalizou.

O Guarani é o segundo colocado do Campeonato Brasileiro da Série B com 28 pontos ganhos em 16 partidas disputadas. O Bugre volta a campo no próximo sábado contra o Londrina, às 16h30, no Brinco de Ouro.

*MG: Média do Guarani / por partida
*MC: Média do Campeonato / por partida

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email