Fora de casa, Guarani é superado pelo Atlético Goianiense

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

O Guarani impôs o ritmo, criou chances, manteve posse de bola, teve tudo para vencer o Atlético Goianiense. Porém, o Atlético foi muito eficiente, aproveitou as três oportunidades que teve e venceu a partida desta terça-feira (24), no Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia. João Paulo (2x) e Fernandes fizeram os gols da Dragão. Bruno Nazário e Anselmo Ramon descontaram para o Bugre.

Com o resultado, o Bugre fica nos três pontos e aguarda o complemento da rodada para saber sua posição. O Alviverde para pelos próximos doze dias e volta a campo no sábado (05), às 19h, contra a AAPP, no Brinco de Ouro.

O Jogo

O técnico Umberto Louzer praticamente repetiu a mesma equipe que enfrentou e venceu o Sampaio Corrêa no fim de semana. Praticamente porque Kevin entrou aos dois minutos na vaga de Marcílio e continuou na equipe para enfrentar o Atlético Goianiense nesta terça-feira. O Bugre, sem surpresas, iniciou a partida com: Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Anderson e Kevin; Baraka e Ricardinho; Bruno Nazário, Rondinelly e Denner; Caíque.

O primeiro tempo começou com um Guarani muito bem postado e com diversas chances de abrir o marcador. Do outro lado, o Atlético teve apenas duas chances e foi muito eficiente para terminar a primeira etapa em vantagem no marcador. A primeira chance surgiu aos 2′. Caíque recebeu dentro da área, girou e chutou firme exigindo ótima defesa de Klever.

A segunda oportunidade veio 5′. Após boa troca de passes, Caíque fez a função de pivô, Rondinelly chegou chutando firme e a bola passou tirando tinta da trave. Aos 7′. Denner cobrou falta pela esquerda e o goleiro do Dragão apareceu novamente para espalmar.  Com muitas chances desperdiçadas, o Bugre sofreu o primeiro gol no momento em que tinha a partida em seu domínio. Aos 23′, João Paulo aproveitou o rebote do escanteio e fez o primeiro.

O gol diminuiu, e muito, o ímpeto da equipe Bugrina. A resposta demorou a vir. Apenas aos 44′. Nazário recebeu de Denner e chutou fraquinho. O Atlético, por sua vez, chegou outra vez e mostrou a mesma eficiência da primeira oportunidade. Aos 45′, Fernandes aproveitou a bobeada da zaga e fez o segundo.

O segundo tempo começou com o Bugre mantendo o mesmo padrão de jogo e impondo o ritmo da partida. Porém, novamente o Dragão aproveitou uma bobeada da defensiva e fez o terceiro, aos 13′, de novo com João Paulo. O Alviverde melhorou com as entradas de Guilherme e Anselmo Ramon nas vagas de Caíque e Ricardinho e descontou aos 17′. Lenon cruzou da direita, Klever deu rebote e Bruno Nazário apareceu para conferir.

Aos 20′, o estreante da noite, Anselmo Ramon, aproveitou o cruzamento da direita e fez o segundo. Daí em diante, o Bugre fez muita pressão mas não conseguiu furar o sistema defensivo armado pelo técnico Cláudio Tencati e conheceu sua segunda derrota no Campeonato Brasileiro da Série B.

Ficha Técnica

Atlético Clube Goianiense x Guarani Futebol Clube
Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia
Arbitragem: Alexandre Vargas Tavares de Jesus – RJ, Luiz Claudio Regazone – RJ e Wendel de Paiva Gouvea – RJ
Gols: ATG: João Paulo (2x) e Fernandes – GUA: Bruno Nazário e Anselmo Ramon
Cartões Amarelos: ATG: Bruno Santos, Bileu, Alisson – GUA: Ricardinho e Philipe Maia 
Cartão vermelho: –
Público e Renda: Não divulgados.

Atlético Clube Goianiense

Kléver; Alisson, Renê, Willian Alves e Bruno Santos; Rômulo, Fernandes e Bileu; Júlio César (Cristhyan), Tito (Joanderson) e João Paulo. – Técnico: Cláudio Tencati
Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Anderson e Kevin; Baraka e Ricardinho (Anselmo Ramon); Bruno Nazário, Rondinelly (Serafim) e Denner; Caíque (Guilherme) –  Técnico: Umberto Louzer
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email