Em noite de homenagens, Guarani vence o Batatais no Brinco de Ouro

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Nem mesmo o mais inspirado escritor poderia escrever o roteiro da vitória do Guarani diante do Batatais no Brinco de Ouro nesta sexta-feira (02). Em uma noite cercada de homenagens ao goleiro Wallace, o Bugre dominou e venceu por 3 a 2. A vitória assegurou os 100% de aproveitamento do Alviverde atuando em seus domínios no Campeonato Paulista da Série A2. Rondinelly abriu caminho aos 12′ da primeira etapa, Bruno Mendes ampliou e Denner sacramentou a terceira vitória do Bugre na competição estadual.

Com nove pontos ganhos e na terceira colocação, o Bugre volta a campo no próximo sábado (10), às 19h, contra o Sertãozinho, fora de casa.

O Jogo

Após vencer bem o Água Santa na última rodada no Brinco de Ouro, o técnico Umberto Louzer optou por manter a mesma escalação pela terceira vez consecutiva. O Bugre iniciou com: Bruno Brígido; Lenon, Lucas Kal, Willian Rocha e Marcílio; Baraka, Ricardinho, Bruno Nazário, Rondinelly e Erik; Bruno Mendes.

O Guarani iniciou a primeira etapa estudando o adversário e observando formas de chegar ao gol de Juninho. A primeira estocada porém foi do Fantasma. Aos 6′, Cortez desceu pela esquerda, cruzou e Bruno Brígido antecipou-se para segurar. O Guarani controlava as ações mas criava pouco. Em um jogo cercado de muita mística, quis o acaso que aos 12′, em seu primeiro ataque, o Guarani abrisse o marcador. Lenon cruzou da direita, Erik desviou e Rondinelly chegou chapando para fazer o primeiro gol do Bugre no minuto previsto para homenagear o goleiro Wallace. A torcida foi ao delírio.

O gol fez com que a equipe de Batatais se lançasse ao ataque. Aos 19′, no desespero, Felipe Hereda aproveitou o bate-rebate e empatou. O Fantasma porém, não teve nem tempo para comemorar. Aos 20′, Bruno Mendes recebeu lançamento de Willian Rocha, driblou Juninho e colocou o Bugre novamente na frente do marcador. A noite era do Bugre. O Batatais ainda tentou empatar aos 31′. Cortez cruzou, Thales subiu sozinho e cabeceou para fora.

 

Diferente da primeira etapa, o Bugre começou mais aceso no segundo tempo. No primeiro minuto, Marcílio cruzou, Nazário pegou o rebote e chutou para ótima defesa de Juninho. O Batatais, explorando os contra-ataques, respondeu aos 8′. Douglas Pote limpou a marcação e chutou para defesa de Bruno Brígido – que começou mostrar suas credencias.

O goleiro ainda apareceu aos 10′ e aos 16′ em dois chutes perigosos contra a meta alviverde. Apesar do aparente recuo, o Bugre utilizava os contra-ataques para chegar a meta adversária. Aos 27′, Erik fez linda jogada individual e chutou por cima. O atacante era a principal peça de desafogo do Bugre. Umberto Louzer ciente do desgaste físico promoveu mudanças. Tirou Rondinelly e Bruno Mendes para as entradas de Denner e Elias.

 

Em vantagem, o Bugre tentava em momentos pontuais para liquidar a partida e aos 39′, Erik puxou outro contra-ataque e foi derrubado na grande área. Salim Fende Chavez apontou a cal. Denner cobrou com categoria e fez o terceiro. O Batatais ainda descontou aos 45′, mas não teve força para tirar o brilho de uma noite que ficará marcada na história do Bugre.

Homenagens

O goleiro Wallace foi lembrado na noite desta sexta-feira (02), no Brinco de Ouro. Os atletas entraram vestidos com a camisa do goleiro e com uma faixa com seu nome e caricatura. O presidente Palmeron Mendes Filho entregou também uma placa com a camisa de Wallace aos familiares do goleiro.  

 

 


Ficha Técnica

Guarani Futebol Clube x Batatais Futebol Clube
Estádio Brinco de Ouro, em Campinas
Arbitragem: Salim Fende Chavez, Luis Alexandre Nilsen e Diogo Correia dos Santos

Gols – GUA: Rondinelly, Bruno Mendes e Denner – BAT: Felipe Hereda e Fabiano

Cartões Amarelos –

Público e Renda – 3.605 – R$ 46.712,00

Guarani Futebol Clube

Bruno Brígido; Lenon, Lucas Kal, Willian Rocha e Marcílio; Baraka, Ricardinho, Bruno Nazário (Gabriel Leite), Rondinelly (Denner) e Erik; Bruno Mendes (Elias) – Técnico: Umberto Louzer

Batatais Futebol Clube 

Juninho; Bruno Santos, Marcos Paulo, Fabiano e Fabinho; Felipe Hereda, Anderson (Paulinho), Douglas Pote e Guilherme; Thales e Cortez (Marcus)  – Técnico: Alexandre Ferreira

  

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email