Em Natal, Guarani perde para o ABC

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Após conquistar o acesso à Série B de 2017, o Guarani foi até Natal para enfrentar o ABC neste domingo (16). O Bugre, que vinha de vitória por 3 a 0, teve duas baixas na semana. Wesley e Renatinho, vetados pelo Departamento Médico do Clube, sequer viajaram com a equipe alviverde. Marcinho e Zé Antônio ganharam nova oportunidade na equipe de Marcelo Chamusca e iniciaram a partida como titular com a camisa do Guarani.

Em uma partida muito difícil, o Bugre saiu derrotado por 4 a 0. Jones Carioca, aos 25′ 1ºT e aos 12′ 2ºT, Lúcio Flávio, aos 40′ 1º T e aos 26′ 2ºT, fizeram os gols do time do Rio Grande do Norte. O Bugre precisa vencer por uma diferença de cinco gols no jogo da volta para classificar-se à final da Série C.

O JOGO

Com duas alterações, o Bugre iniciou a partida abaixo do futebol apresentado no jogo de volta contra o ASA, no Brinco de Ouro. O Guarani iniciou buscando o campo de ataque a todo momento, mas quem teve a primeira boa oportunidade foi o adversário. Aos 10′,  Caio Mancha achou Erivélton dentro da pequena área e por sorte o atacante estava em posição irregular. O Guarani respondeu aos 15′: em jogada pela direita, Pipico cruzou, mas Eliandro não alcançou.

Aos 16′, um lance muito polêmico. Marcinho recebeu dentro da área e foi derrubado, mas o árbitro Luiz César Magalhães mandou seguir. O ABC tinha as melhores oportunidades e chegava bem ao campo de defesa do Bugre. Aos 21′, após cruzamento, Caio Mancha ganhou pelo alto e cabeceou firme, Leandro Santos fez um milagre e mandou para escanteio. Aos 24′, Leandro apareceu de novo. Após jogada pela esquerda, a bola sobrou para Lúcio Flávio, que chutou firme. O goleiro do Bugre mandou mais uma vez pela linha de fundo.

Na cobrança de escanteio, o ABC abriu o placar. Aos 25′, o escanteio foi cobrado pela esquerda. Caio Mancha desviou e Jones Carioca completou para o gol. O Bugre teve chance clara para empatar. Aos 35′, Fumagalli cobrou falta, Leandro Amaro tocou de cabeça para Eliandro que, sozinho e sem goleiro, mandou para fora. Na sequência, veio o castigo: Zé Antônio chegou atrasado e cometeu falta em Guedes. Aos  40′, Lúcio Flávio bateu falta e fez o segundo do ABC na partida. Com a desvantagem no placar e sem apresentar bom futebol, o Guarani desceu para os vestiários do Frasqueirão.abc-guarani-2016-10-16-01

Na segunda etapa, o Guarani voltou a campo buscando descontar o placar adverso. Logo no primeiro minuto, Zé Antônio, de dentro da área, desperdiçou boa chance para o Guarani. Aos 4′, Gilton tentou cruzamento, a bola quicou na frente de Edson e por pouco não encobriu o arqueiro do ABC. Aos 11′, o time de Natal respondeu: Erivélton recebeu dentro da área e chutou. À queima-roupa, Leandro Santos defendeu. Em seguida, o ABC fez o terceiro. Aos 12′, Lúcio Flávio deu belo passe para Jones que, de frente para Leandro Santos, só deslocou o goleiro bugrino.

Marcelo Chamusca tentou mudar o panorama do Bugre. Tirou Pipico e Zé Antônio para a entrada de Régis e Evandro, mas o Bugre não conseguiu diminuir o placar. Aos 26′, o Bugre tomou um banho de água fria. Em nova falta bem batida, Lúcio Flávio fez o quarto do ABC. O Guarani foi até o fim da partida sem se entregar, mas não conseguiu descontar.

O Bugre volta a campo no próximo domingo (23), às 21h, no Brinco de Ouro, contra o ABC. O Guarani precisa vencer por 5 gols de diferença para se classificar à próxima fase da competição.

TORCEDOR BUGRINO O GUARANI PRECISA DE VOCÊ. COMPAREÇA AO BRINCO! #EUACREDITO

Ficha técnica

ABC Futebol Clube x Guarani Futebol Clube
Estádio Maria Lamas Farache (Frasqueirão), em Natal

Arbitragem: Luiz César de Oliveira Magalhães, Marcione Mardonio da Silva Ribeiro, Armando Lopes de Sousa e Leandro Saraiva Dantas

Gols: Jones Carioca, aos 25′ 1ºT e aos 12′ 2ºT e Lúcio Flávio, aos 40′ 1º T e aos 26′ 2ºT
Cartões Amarelos: Eliandro, Jones Carioca
Cartão Vermelho:

Público e Renda: –

Guarani
Leandro Santos; Lenon, Ferreira, Leandro Amaro e Gilton; Auremir, Zé Antônio (Evandro), MarcinhoFumagalli (Alex Santana) e Pipico (Régis); EliandroTécnico: Marcelo Chamusca.

ABC
Edson; Filipi Sousa, Léo Fortunato, Cleiton e Alex Ruan; Márcio Passos, Felipe Guedes, Erivélton e Lúcio Flávio (Zaquel); Caio Mancha (Etcheverría) e Jones Carioca. Técnico: Geninho

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email