Em jogo marcado por polêmica, Guarani perde para o XV

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Após vencer de virada o Rio Preto, na última rodada, o Guarani foi até Piracicaba enfrentar o XV de Novembro, pela quinta rodada do campeonato estadual. Em uma partida marcada por muita polêmica, o Bugre saiu derrotado por 2 a 0. Rodrigo, de cabeça, e Romarinho, de falta, fizeram os gols para o time piracicabano.

Com o resultado o Guarani permanece com os mesmo sete pontos em cinco jogos disputados. Na próxima sexta-feira (17), o alviverde volta a campo para encarar o União Barbarense, no Brinco de Ouro, às 19h15.

 O Jogo

O Guarani fez a sua melhor partida no Campeonato Paulista da A2 mas só isso não bastou. Eu uma partida marcada por polêmicas, o Bugre saiu prejudicado ao ser derrotado por 2 a 0 para o XV de Piracicaba. O jogo começou com o Guarani com apenas uma mudança em relação a partida contra o Rio Preto. Leandro Santos deu lugar à Luis Henrique. O restante da equipe foi, inteligentemente, mantida pelo técnico Ney da Matta.

O jogo começou muito equilibrado. A primeira oportunidade foi para o lado do XV, aos 9′, Barreto cobrou escanteio, a bola pipocou no meio da defesa mas Luis Henrique saiu para afastar o perigo. O Guarani era melhor, matinha a posse de bola mas quem chegava era o time de Piracicaba. Aos 18′, Carlinhos cruzou, a bola passou por toda extensão da grande área e Bruninho concluiu para fora. Após os dois sustos, o Guarani acordou. Aos 21′, Fumagalli cruzou, Jussani tentou o cabeceio mas mandou torto.

A partir dos 24′, só deu Guarani e o gol parecia ser questão de tempo. A dupla apareceu bem novamente. Fumagalli cobrou falta pela direita, Jussani cabeceou firme e a bola passou lambendo o poste de Mateus. Aos 25′, mais Guarani. Uederson recebeu na ponta, trouxe para o meio e chutou firme: a bola passou caprichosamente tirando tinta da trave.

As duas chegadas deram ânimo ao Bugre. Aos 38′, Samudio quase abriu o marcador. Lenon descolou bom cruzamento e o paraguaio cabeceou por cima. Aos 42′, foi a vez de Gilton assustar. O lateral-esquerdo recebeu e chutou firme: a bola passou muito perto da trave esquerda do goleiro do XV. Apesar da pressão, o Guarani não conseguiu transformar as oportunidades em gol e desceu ao vestiário com o zero no placar.

O segundo tempo foi um caso à parte. A segunda etapa foi tomada por polêmicas que prejudicaram o alviverde campineiro. Logo aos 7′, Marcinho avançou em direção à área e Rodrigo chegou atropelando o meia. O árbitro Rodrigo Santos mandou seguir. Aos 15′, o alvinegro respondeu: Zé Mateus fez boa jogada e cruzou para área, Lenon tentou cortar e quase mandou contra.

Aos 18′, mais polêmica. Gilton invadiu a área e cruzou buscando Braian: Marcos Vinicius meteu o braço na bola e o árbitro mandou seguir mais uma vez. Aos 20′, o XV se aproveitou de mais um lance duvidoso e abriu o placar. Zé Mateus ganhou na velocidade e chutou torto: a bola foi direto pela linha de fundo. O auxiliar número um: Ricardo Pavanelli Lanutto, assinalou escanteio. Na cobrança, Rodrigo acertou cabeçada e inaugurou o marcador.

O lance não abalou o Bugre. Aos 27′, Uederson respondeu. O atacante recebeu dentro da área e chutou firme para boa defesa de Mateus. O Guarani era melhor mas a bola teimava em não entrar. Ney da Matta mudou o time. Colocou: Denis, Rogério e Bruno Nazário nos lugares de Auremir, Uederson e Gilton.

As mudanças deixaram o time mais leve mas mesmo assim sem conseguir furar o ferrolho armado por Cléber Gaúcho. Aos 44′, Fumagalli ainda teve a chance de empatar. O meia recebeu de Marcinho e chutou no canto baixo de Mateus. O goleiro do XV fez uma linda defesa e salvou. Com 5′ de acréscimo muita coisa aconteceu. Aos 47′, Lenon cruzou, Genilson não alcançou e Bruno Nazário fechou no segundo pau para quase empatar o jogo. O Guarani tentou até o limite mas o XV ainda contou com a frieza de Romarinho, que aos 50′, cobrou linda falta e ampliou o marcador.

A derrota é a segunda do Guarani na competição. O Bugre retornará a campo na próxima sexta-feira (17), contra o União Barbarense, no Brinco de Ouro, às 19h15. Os ingressos começarão a ser vendidos na próxima quarta-feira (15), no Brinco, com valores a serem definidos pela diretoria.

 

Ficha Técnica

Esporte Clube XV de Novembro de Piracicaba  x Guarani Futebol Clube
Estádio Barão de Serra Negra, em Piracicaba

Arbitragem: Rodrigo Santos, Ricardo Pavanelli Lanutto, Marco Antonio Motta Jr e Gabriel Castro Dourado

Gols: Rodrigo aos 20′, do 2ºT e Romarinho aos 50′, do 2ºT.
Cartões Amarelos: Denis, Genílson e Rafael Gomes
Cartão Vermelho:

Público e Renda: 3.598  R$ 51.645,00

Esporte Clube XV de Novembro de Piracicaba

Mateus; Carlinhos, Marcos Vinicius, Rodrigo e Samuel (Doni); Formigoni, Clayton, Bruninho e Barreto (Romarinho); Zé Mateus e Rafael Gomes (Celsinho).
Técnico: Cléber Gaúcho

Guarani Futebol Clube

Luis Henrique; Lenon, Genilson, Jussani e Gilton (Bruno Nazário); Auremir (Denis), Evandro, Marcinho, Fumagalli e Braian Samudio; Uederson (Rogério).
Técnico: Ney da Matta

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email