De virada! Bugre vence o Marília por 3 a 1 e dorme na primeira colocação

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Na noite desta sexta-feira (5), o Guarani enfrentou o Marília pela terceira rodada do Campeonato Paulista da série A2. No Estádio Bento de Abreu Sampaio Vidal, o Bugre venceu de virada pelo placar de 3 a 1.  Os gols foram anotados por Denis Neves, João Vittor e Lorran.

O jogo começou equilibrado, mas aos 5 minutos, em vacilo da zaga, Du Gaia foi mais rápido e abriu o placar para o Marília. Sem desanimar, o Guarani tomou as rédeas do jogo e enfrentou um time fechado, que investia somente em contra ataques. Ainda no primeiro tempo e melhor na partida, o Guarani conseguiu o empate: Lorran sofreu falta e na cobrança, após jogada ensaiada, Fumagalli rolou para Denis que soltou um foguete e igualou o marcador.

O Guarani investiu nas laterais com Oziel e Denis Neves. O Marília tentou finalizar, mas Pegorari, em grande jornada, fez valer sua titularidade e realizou grandes defesas. Na meio, o grande destaque foi Watson, que roubou muitas bolas e começou diversas jogadas ofensivas. A partida seguiu empatada até o final  do primeiro tempo.

Durante a segunda etapa, o técnico Pintado realizou todas as substituições: Lenon, Watson e Lorran foram substituidos por João Vittor (intervalo), João Paulo (28) e Tabata (42). Assim como no primeiro tempo, o Guarani teve maior posse de bola e mandou no jogo; logo nos primeiros minutos, João Vittor ganhou a bola e de fora da área soltou a bomba, sem chances para o goleiro Nunes, virando o placar.

A equipe da casa, acuada, assustou apenas no chute de Léo Gonçalvez que carimbou a trave de Pegorari. Melhor em campo o Guarani diminuiu o ritmo, cadenciando o jogo do meio campo para a frente, tendo como destaque as jogadas individuais de Joao Vittor. Dos pés dele saiu o 3o gol: apos desferir chute muito forte, o goleiro Nunes não segurou e Lorran ampliou para o Bugre.  Após o terceiro gol, a equipe segurou  a vantagem e manteve o placar até o apito final.

O Marilia, que não vence um jogo oficial desde 2014, terá que esperar mais uma rodada para quebrar seu tabu. Na próxima quarta-feira (10), o Guarani recebe o Bragantino às 20h, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa. Mais uma vez nós contamos com você torcedor, para esta caminhada rumo ao acesso!

Ficha Técnica

GuaraniPegorari; Oziel, Carpini, Lucas Bahia e Denis Neves; Diego Silva e Lenon (João Vittor); Watson (João Paulo), Fumagalli e Ricardinho; Lorran  (Tabata). Técnico: Pintado.

Marília – Nunes; Carlinhos Lavoratto, Glauco, Rodrigo  e Cortes; Fabio Souza, Davis (Igor Pato) e Dick (Thiago Bonfim); Léo Gonçalvez (William Darros) e Markinho.  Técnico Beto Alcantara

Cartões Amarelos: Lucas Bahia, Diego Silva (Guarani); Fábio Souza,Thiago Bonfim (Marília)

Público: 1.268

Renda: 17.400

Imagens liberadas para uso editorial – Crédito: Rodrigo Villalba / MemoryPress / GFC

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email