Bugre bate o Botafogo após 9 anos e garante classificação antecipada

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Em busca da classificação à próxima fase, o Guarani foi até Ribeirão Preto para enfrentar o Botafogo-SP em duelo válido pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Bugre que vinha de vitória contra a Portuguesa na última rodada, venceu mais uma e chegou a sua 10 na competição. Isac fez o gol do Botafogo-SP, Marcinho e Pipico viraram o placar para o Bugre.

Com a vitória o Guarani chega aos 34 pontos e matematicamente está classificado à próxima fase da competição nacional. Apesar da vitória, o Guarani encontrou dificuldades para conseguir sair com os três pontos de Ribeirão Preto.

O JOGO

O Bugre começou respeitando demais o adversário. Logo aos 3’ da primeira etapa, o Botafogo chegou ao gol de Leandro Santos, após um chute de fora da área. Melhor no início da partida a equipe de Ribeirão Preto chegou mais uma vez com perigo, aos 5’, em novo chute de fora da área.

O Guarani respondeu aos 11’ com Gilton, o lateral-esquerdo cruzou e a bola ficou fácil para o goleiro Neneca fazer a defesa. Na sequência o Botafogo abriu o placar. Após bate rebate dentro da área Isac, em posição irregular, conclui para o gol fazendo o primeiro da equipe local, aos 13’ da primeira etapa.

Assustado depois do gol, o Guarani criou algumas oportunidades mas sem efetividade para igualar o placar. A primeira etapa acabou com o Bugre em desvantagem no marcador porém melhor do que no início da partida.

A segunda etapa começou diferente e o Bugre mostrou outra mentalidade após Marcelo Chamusca mexer com o brio dos jogadores nos vestiários. Apesar de não mexer taticamente o Guarani voltou mais atento e não demorou para encontrar o gol de empate. Após jogada de Pipico, a bola se ofereceu para Auremir que bateu cruzado, Marcinho sozinho dentro da área completou para o gol, aos 4’ do segundo tempo.

Após o gol o Guarani dominou a partida por completo. Alex Santana que acabará de entrar no lugar de Régis em seu primeiro lance, aos 18’, quase ampliou o marcador de cabeça para o Bugre. O segundo do Guarani era questão de tempo. Em ótima jogada de Alex Santana, Marcinho achou Gilton infiltrando pela esquerda, o lateral foi desequilibrado dentro da área e o árbitro marcou a penalidade.

Pipico, vice artilheiro do Bugre com 4 gols, cobrou com perfeição e deu números finais a partida, no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. O Bugre voltou a vencer no estádio após 9 anos. O próximo confronto do Guarani é contra o Mogi Mirim, na próxima segunda (12), às 19h15, no Brinco de Ouro.

Ficha técnica

Botafogo Futebol Clube x Guarani Futebol Clube
Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto

Arbitragem: Fabio Filipus, Victor Hugo Imazu e Pedro Martinelli Christino

Gols: Isac (07′ 1T); Marcinho (04′ 2ºT) e Pipico (30′ 2ºT)
Cartões Amarelos: Tiago Marques, Leleco e Serginho (Botafogo-SP), Auremir, Régis, Ferreira e Deivid 
Cartão Vermelho:

Público e Renda: –

Guarani
Leandro Santos; Lenon, Ferreira, Maurício e Gilton; Auremir, Zé Antônio, Marcinho (Deivid ) ,Pipico e Edinho ( Renatinho) ; Régis (Alex Santana).  Técnico: Marcelo Chamusca.

Botafogo
Neneca; Souza, Filipe (Cléo Silva), Matheus Mancini e Diego Pituca; Rodrigo Thiesen (Hélton Luiz), Isac, Derli e Ramires; Serginho e Thiago Marques (Leleco). Técnico: Márcio Fernandes

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email