Analista do Bugre fala sobre o time e duelo com a Lusa

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Com objetivo de obter resultados no Campeonato Brasileiro, a Diretoria do Guarani Futebol Clube reestruturou a Comissão Técnica e trouxe além de Pintado e Gil Baiano, Luiz Carlos Cavalheiro, o homem dos números.

Tendo como missão reconduzir o Bugre à Série B do Brasileirão, Luiz ainda tem a tarefa de comandar uma nova função que vem sendo vital para o futebol, o departamento de análises de desempenho. “Esse trabalho consiste numa análise qualitativa, que é feita através de vídeos de partidas, na qual, pode-se entender a dinâmica ocorrida no jogo e o comportamento das equipes. Já a análise quantitativa se baseia nos números transformando as ações de uma partida em dados estatísticos de cada jogador e do time, é o que chamamos de scout técnico.”, explicou.

Baseado em três pilares fundamentais: a própria equipe, o adversário e a captação de atletas; o analista do Bugre comentou sobre o time que entrará em campo nesta segunda-feira e também sobre a Lusa, adversário que protagonizará mais uma decisão para o Guarani no gramado do Brinco de Ouro.

“A partir da análise da performance do nosso elenco e também do adversário, verificamos os pontos fortes e deficiências de ambas equipes e a Comissão Técnica procurou trabalhar pontualmente em cima do que o grupo precisava, montando a melhor estratégia de ataque e defesa do time, principalmente devido à importância e necessidade da vitória diante da Portuguesa, que vem jogando bem dentro dos seus domínios, ou seja, sabemos que teremos um adversário difícil, mesmo jogando em casa.”, pontuou o analista.

Luiz ainda reafirmou a confiança de todos ao comentar sobre o novato Raí, “Ele é uma grata revelação das categorias de base do clube, posso dizer que a expectativa é grande para vê-lo desempenhar um bom futebol na equipe profissional.”. Além de Raí, o técnico Pintado conta também com a volta de Denis Neves e Diego Silva, que deixaram o Departamento Médico recentemente.

Confiante no trabalho desenvolvido até aqui, Luiz acredita que os atletas têm plenas condições de vencerem esse próximo desafio e assim, manterem a sequência de vitórias, até a classificação.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email