Índio: “Escolhi o Guarani pelo peso da camisa. É o único campeão brasileiro do interior”

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Novo volante do Guarani, Índio concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira e falou sobre a possibilidade de vestir a camisa bugrina. Aos 28 anos, o jogador destacou a história do clube para justificar a escolha de atuar no Brinco de Ouro.

“Escolhi o Guarani pelo peso da camisa. É o único campeão brasileiro do interior, então a tradição, o peso que tem fazer um bom campeonato aqui, isso com certeza fez a diferença na hora da escolha. E o desafio também, acredito ser o momento de encarar um desafio desse tamanho, isso me motivou”, disse.

Acostumado a atuar como segundo volante, o atleta destacou que pode exercer outras posições, caso o técnico Allan Aal precise.

“Desde o início da minha carreira tenho essa certa facilidade de fazer mais de uma função. Já joguei de zagueiro, lateral, primeiro volante… Minha preferência, onde me sinto mais à vontade é como segundo volante apoiando, chegando ao ataque, mas não tenho problema nenhum em fazer outras funções dentro de campo. O que o Allan precisar estarei à disposição para ajudar o Guarani”, afirmou.

Por fim, o volante detalhou o que o torcedor pode esperar do time em campo. “Teremos uma cara de equipe lutadora, temos nossa qualidade, isso é indiscutível, mas também vejo que criamos uma característica muito forte de sermos um time que vai brigar por todas as bolas. Precisamos aproveitar o que temos no momento e creio que temos de tudo para fazer um campeonato muito bem feito. Jogo a jogo a gente vai buscar nossos objetivos.”

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email