Guarani vence o Botafogo por 1 a 0 fora de casa

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Com gol de Rodrigo Andrade, o Guarani venceu o Botafogo na tarde desta quinta-feira, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto. O confronto foi válido pela segunda do Campeonato Paulista Sicredi 2021.

A vitória levou o Bugre aos três pontos, na segunda colocação do Grupo B. Em seu próximo compromisso, o time enfrenta o Red Bull no domingo, às 15h, no Brinco de Ouro.

O jogo
Mesmo atuando fora de casa, o Guarani não se intimidou diante do Botafogo e foi quem criou as principais chances de gol na primeira etapa. O Bugre, aliás, só não conseguiu abrir o placar por conta das ótimas defesas realizadas pelo goleiro Igor.

Aos 6’, Tony bateu falta e quase fez. Mas foi aos 21’ que o bom jogo alviverde se transformou em pressão, quando Pará foi expulso por falta violenta em Pablo. Com um a mais em campo, o time do técnico Allan Aal foi pra cima, principalmente com Renanzinho. Aos 32’, o atacante cabeceou à queima roupa e obrigou Igor a trabalhar. Já aos 38’, ele cortou pra dentro e bateu cruzado, novamente parando na intervenção do arqueiro botafoguense.

O segundo tempo começou com o Bugre adotando a mesma postura ofensiva, em busca da vitória. Com o time adiantado, não demorou para que as chances surgissem. Até que aos 15’ o gol saiu, com Rodrigo Andrade. O volante, que entrou no intervalo no lugar de Bruno Silva, pegou um rebote, deu o drible e soltou a bomba para balançar as redes.

Na frente do placar, o Guarani seguiu melhor em campo e ainda teve outras chances para ampliar o marcador, até o apito final do árbitro.

FICHA TÉCNICA
Botafogo 0 x 1 Guarani
Campeonato Paulista – Rodada 2
Local: Estádio Santa Cruz
Juiz: José Cláudio Rocha Filho
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Italo Magno de Paula Andrade
Cartões amarelos: Botafogo – Michel; Guarani –
Cartões vermelhos: Botafogo – Pará
Gols: Rodrigo Andrade (Guarani)

Botafogo: Igor; Rodrigo, Fabão, Matheus Santos e Pará; Luan (Dudu), Vinicius Kiss, Emerson e Marlon (Martinelli); Rafael Marques (Victor Bolt) e Michel (Yan). Técnico: Alexandre Gallo.

Guarani: Gabriel Mesquita; Mateus Ludke (Éder Sciola) e Romércio, Airton e Bidú; Bruno Silva (Rodrigo Andrade), Índio e Tony; Pablo (Andrigo), Rafael Costa e Renanzinho (Eliel). Técnico: Allan Aal.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email