Assembléia mantém decisão da Comissão Eleitoral

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Realizada na noite da última terça-feira (04), a Assembleia Geral Extraordinária decidiu, por grande maioria dos votos, não acatar o recurso impetrado pela Chapa Transparência afim de impugnar a Chapa Integração. Por 164 votos contra 64, a maioria dos associados presentes decidiu manter a decisão tomada pela Comissão Eleitoral, com base no estatuto social.

Segundo a Comissão Eleitoral, a impugnação foi feita mediante a falta de cumprimento de algumas regras básicas como as 80 cartas de apoio no ato de inscrição.

Na Assembleia realizada ontem, em cumprimento à decisão liminar, os sócios do Guarani em sua grande maioria mantiveram integramente a decisão da Comissão Eleitoral

Com a decisão de ontem, a Chapa Integração, única homologada no processo eleitoral e liderada por Palmeron Mendes Filho deve ser aclamada para dar continuidade na gestão do Guarani Futebol Clube por mais três anos.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email