Promessas da base. Conheça a história de Leozinho

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email

Demorou, mas acabou falando. De lenga-lenga só na entrevista, porque dentro das quatro linhas, Leozinho não perde tempo e se garante no meio de campo: “minha melhor característica é a habilidade de passe”, contou o atleta que, devido à qualidade do fundamento, deixou o ataque.

Com apenas 17 anos, o jogador começou no futebol numa escolinha e guarda na bagagem breves passagens pelos times: Cotia, Grêmio Osasco e Portuguesa. Mas, foi através do time do próprio empresário, que Leozinho chegou ao Guarani, “disputei dois amistosos contra o Bugre e aí conquistei minha oportunidade”, afirmou.

E não demorou para que o garoto fosse titular no Sub-20. Estreou na Copa São Paulo diante do Paysandu e assim, garantiu sua vaga em todas as partidas, que, segundo ele, foram memoráveis.

Extrovertido até demais, o atleta não dispensa um pagode, nem a música gospel e, além de manter um estilo próprio dentro e fora de campo, ele não tem medo de falar: “sou vaidoso mesmo… Boleiro, cheiroso”. Brincadeiras à parte. Diante do sonho de ser um grande jogador, Leozinho é ambicioso, mas, nos planos, a família continua sempre em primeiro lugar.

Promessas da base - Leozinho / Créditos: Sarah Bulhões
Promessas da base – Leozinho / Créditos: Sarah Bulhões
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email