Futebol Profissional

Vinicius Eutrópio é o novo treinador do Bugre

Por Guarani Futebol Clube
Publicado em 22/03/2019, às 17:55.

…

O departamento de futebol do Bugre anuncia Vinicius Eutrópio como o novo treinador para a sequência da temporada. Profissional experiente, que já trabalhou com grandes nomes do futebol brasileiro, chega ao Brinco com a função de levar o Guarani à principal divisão do futebol Nacional.

“Estou muito feliz de vir para o Guarani, um clube com uma tradição imensa, uma camisa forte, campeão Brasileiro com grandes craques… uma torcida grande e apaixonada. É um desafio dificil, mas que já conquistei na minha carreira e que pretendo junto com todos do Guarani conquistar novamente. O Guarani tem que estar na divisão que ele merece, que é a série A”, disse o novo treinador.

O superintende de futebol Fumagalli destaca qualidades do novo técnico do Bugre. “É o treinador que se enquadra no perfil do clube. Convidamos para vir à Campinas para conhecer o trabalho dele à fundo, tínhamos muita informação boa sobre ele. Ficamos por três horas conversando sobre futebol, o que ele pensa sobre futebol e dentro das outras opções que tínhamos, o Vinicius é o perfil ideal pela grandeza do Guarani e irá nos ajudar no Campeonato Brasileiro”.

O executivo de futebol Marcus Vinicius também comentou a chegada do novo treinador: “Vinicius é um profissional que tem portas abertas por todos os clubes onde passou. Viveu grandes momentos durante sua carreira e com certeza irá ajudar o Guarani nesta série B”, disse o dirigente.

CONHEÇA A CARREIRA DE VINICIUS EUTRÓPIO:

Vinicius Eutrópio começou a carreira como jogador em 1984 como volante do América-MG. Teve passagem com destaque pelo Figueirense de 1996 a 1998, conquistando o titulo Catarinense. Vinicius encerrou a carreira de jogador em 2000, atuando pelo Náutico.

Vinicius Eutrópio como jogador do Figueirense. Foto: Divulgação

Após encerrar a carreira dentro das quatro linhas, Vinicius Eutrópio trabalhou no Athlético, de 2000 à 2006, desenvolvendo a função de coordenador e auxiliar técnico. No clube paranaense, em 2005, Eutrópio foi vice campeão da Libertadores.

De 2006 à 2009, Vinicius Eutrópio desenvolveu as mesmas funções no Fluminense, onde também chegou a final da Libertadores da América (2008).

O treinador foi auxiliar técnico do Fluminense na Libertadores de 2008. Foto: Divulgação

Em 2010, Eutrópio teve experiência em Copa do Mundo, sendo auxiliar técnico de Carlos Alberto Parreira na seleção da Africa do Sul. Após a experiência na maior competição de futebol do mundo, o treinador assumiu o Estoril de Portugal, até 2012.

Eutrópio e Parreira comandaram a Africa do Sul na Copa de 2010. Foto: Divulgação.

Vinicius Eutrópio retornou ao Brasil para comandar o Figueirense, onde teve duas passagens, de 2013 à 2016, e conquistou o acesso para elite do futebol Brasileiro. Em 2014, conquistou o campeonato Catarinense.

Neste meio tempo, em 2015, Eutrópio também dirigiu a Chapecoense na série A do Brasileirão, foram 49 jogos e mais de 50% de aproveitamento.

Do Sul para o Nordeste, assumiu o cargo de treinador do Santa Cruz, onde em 32 partidas obteve quase 60% de aproveitamento. Em 2017, voltou para o comando da Chape, também na série A.

Em 2018, Vinicius Eutrópio novamente saiu do Brasil para comandar o Bolívar na Libertadores. Foram seis partidas na primeira fase e só não conquistou a classificação por conta do saldo de gols.

Vinicius Eutrópio é professor do curso de treinadores da CBF Academy, há mais de dez anos.

Vinicius Eutrópio é professor do curso técnico da CBF há mais de dez anos.
Foto: André Podiacki