Futebol Profissional

Umberto Louzer e Luciano Dias deixam o Guarani

Caio Autuori e Felipe Célia também não fazem mais parte da comissão técnica do Bugre

Por Guarani Futebol Clube
Publicado em 13/11/2018, às 17:06. Atualizado em 14/11/2018 às 14:23.

…

O Guarani Futebol Clube iniciou o processo de reformulação visando a disputa do Campeonato Paulista da Série A1 de 2019. No início da tarde desta terça-feira, o Bugre anunciou o desligamento do técnico Umberto Louzer, do superintendente de futebol, Luciano Dias, do auxiliar técnico, Caio Autuori e, do preparador físico, Felipe Celia.

Umberto Louzer chegou ao Guarani em Fevereiro de 2017 como auxiliar de Maurício Barbieri. Após a demissão do treinador, Umberto permaneceu como auxiliar fixo do Bugre e permaneceu até o início desta temporada. O treinador trabalho com Vadão, Marcelo Cabo, Lisca e Fernando Diniz. No começo desse ano, após a saída de Diniz, Umberto foi efetivado como técnico do Bugre.

Como treinador, foram 53 jogos, 25 vitórias, 13 empates e 15 derrotas, com um aproveitamento de 55,3%.  Conquistou o acesso à Série A1 depois de 5 anos, o título do Campeonato Paulista da Série A2 e a vaga na Copa do Brasil depois de 4 anos.

Além disso, o treinador atingiu marcas expressivas. Conquistou 25 vitórias e tornou-se o técnico mais vitorioso do século XXI. Em entrevista coletiva, Umberto Louzer agradeceu por tudo que viveu: “Não tenho nenhum tipo de ressentimento ou mágoa, longe disso. Na verdade, sou grato pela oportunidade de iniciar a carreira em um clube gigantesco como o Guarani. Os números comprovam que o trabalho foi muito bem desenvolvido. É claro que almejávamos algo maior por aquilo que criamos”, disse.

“Só tenho que agradecer e valorizar tudo que vivenciei aqui dentro. Foi um momento de muito aprendizado. Tenho toda certeza que estou saindo deixando o clube melhor do que encontrei. Proporcionamos ao Guarani voltar à Série A1, à Copa do Brasil e com uma saúde financeira melhor visando o próximo ano. Saio com a sensação de dever cumprido”, afirmou.

Além de Umberto Louzer, Luciano Dias, superintendente de futebol, responsável pela montagem do elenco no título da Série A2 também deixou o Guarani e agradeceu: “Fico feliz pela oportunidade de ter retornado mesmo que em outra função. Saio com o sentimento de dever cumprido e satisfeito com aquilo que conseguimos fazer aqui”, disse.

Nas duas últimas rodadas, contra Brasil de Pelotas e Londrina, o Guarani será comandado pelo ex-lateral direito, Marco Antônio e terá Fumagalli como auxiliar. O Guarani Futebol Clube agradece os serviços prestados e deseja sorte na sequência das carreiras.

Confira a entrevista coletiva