Futebol Profissional

No Canindé, Guarani é derrotado pela Portuguesa

O Bugre perdeu pelo placar de 2 a 1. Pereira e Fernandinho marcaram para os donos da casa, Erik descontou

Por Guarani Futebol Clube
Publicado em 21/03/2018, às 21:59.

…

O Guarani visitou a Portuguesa na noite desta quarta-feira (21), no Canindé, em São Paulo, pela décima quarta rodada do Campeonato Paulista da Série A2 e foi derrotado pelo placar de 2 a 1. Pereira e Fernandinho marcaram para os donos da casa. Erik descontou para o Bugre.

Com a derrota, o Guarani permanece na primeira colocação mas decidirá o primeiro posto da fase de grupos no próximo sábado (24), às 15h, diante da Votuporanguense, no Brinco de Ouro.

O Jogo

Após a vitória convincente diante do Penapolense no Brinco de Ouro na última rodada, o Guarani teve apenas dois dias para se preparar para enfrentar a Portuguesa nesta noite em São Paulo. Sem Marcílio suspenso, Umberto Louzer promoveu a entrada de Salomão na lateral-esquerda. Ricardinho, que cumpriu suspensão, também retornou ao time na vaga de Denner. O Bugre iniciou com: Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Fernando Lombardi e Salomão; Baraka, Denner, Bruno Nazário, Rondinelly e Erik; Bruno Mendes.

Com praticamente toda a equipe titular, o Bugre fez um primeiro tempo ofensivamente abaixo do que vinha apresentando nas últimas rodada na A2. Defensivamente, Bruno Brígido apareceu e, quando exigido, fez boas intervenções. A primeira boa chance da partida foi da Portuguesa. Aos 2′, Cesinha aproveitou o rebote da defesa, chutou firme e o goleiro Bugrino espalmou.

O Guarani, por sua vez, respondeu aos 5′. Baraka tocou para Rondinelly, o meia girou em cima da marcação e chutou para fora. Após o ataque do Alviverde, a partida caiu um pouco de ritmo e o Bugre só voltou assustar aos 24′. Bruno Nazário recebeu, arriscou de longe e levou perigo. O meia aliás, com seus chutes de fora da área, era o que mais levava perigo ao gol de João Lopes.

Porém, quando estava ensaiando uma pressão, o Alviverde foi surpreendido. Aos 26′, Pereira recebeu na entrada da área e acertou o canto de Bruno Brígido. O gol fez o Guarani adotar uma postura mais agressiva. Aos 35′, Bruno Nazário recebeu na intermediária de ataque e arriscou de perna esquerda, a bola passou à direita. Cinco minutos mais tarde, Erik aproveitou bom passe de Nazário, dominou no peito, evitou a marcação e acertou o canto de João Lopes. Tudo igual.

Diferente da primeira etapa, o segundo tempo começou muito lento e muito disputado no setor de meio-campo. Com dificuldade para chegar ao campo de ataque, o Alviverde viu a Portuguesa passar à frente no marcador aos 26′. Fernandinho cobrou falta por baixo da barreira e colocou o time lusitano em vantagem novamente. Diante da desvantagem, Umberto Louzer tentou mudar o ímpeto da equipe com as entradas de Denner, Fumagalli e Pedro Bortoluzo nas vagas de Ricardinho, Rondinelly e Bruno Mendes.

Porém a tentativa do treinador não foi suficiente para evitar a quarta derrota do Guarani no Campeonato Paulista da Série A2. Apesar do resultado adverso, o Bugre segue na primeira colocação. O Alviverde decide a permanência no posto no próximo sábado (24), às 15h, diante do Votuporanguense, no Brinco de Ouro.

Ficha Técnica

Associação Portuguesa de Desportos x Guarani Futebol Clube
Estádio Oswaldo Teixeira Duarte, em São Paulo
Arbitragem: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza, Eduardo Vequi Marciano e Osvaldo Apipe de Medeiros Filho
Gols – GUA: Erik POR: Pereira e Fernandinho
Cartões Amarelos – GUA:  POR: Carlinhos
Público e Renda:

Associação Portuguesa de Desportos

João Lopes; Carlinhos, Gabriel Santos, Marcos Vinícius e Cesar; Jonatas Paulista, Vinicius Martins, Vinicius Barba e Pereira (Vilares); Raul (Fernandinho) e Cesinha – Técnico: Alan Aal

Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Fernando Lombardi e Salomão; Baraka, Ricardinho ( Denner), Bruno Nazário, Rondinelly (Fumagalli) e Erik; Bruno Mendes (Bortoluzo) – Técnico: Umberto Louzer