Futebol Profissional

No Brinco de Ouro, Guarani fica no zero com Botafogo-SP

Bugre conquista 15 pontos e segue na liderança do Grupo B

Por Guarani Futebol Clube
Publicado em 02/07/2016, às 21:54. Atualizado em 25/08/2016 às 15:03.

…

Na noite deste sábado (2), o Guarani abriu os portões do Brinco de Ouro e, ao lado da torcida, enfrentou o vice-líder Botafogo-SP, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série C – 2016. Mas, nem o melhor ataque da competição foi capaz de superar a defesa bugrina, que se manteve intacta e garantiu o empate por 0 a 0. Com o resultado, o Guarani segue líder isolado do Grupo B e se mantém invicto com 15 pontos.

O jogo

Marcelo Chamusca teve mais um grande desafio ao encarar o vice-líder Botafogo-SP, no entanto, a equipe alviverde soube se posicionar em campo, não permitindo que o adversário dominasse o primeiro tempo. Ansioso, o Guarani sofreu nos minutos iniciais, principalmente na saída de bola e na criação das jogadas pelo meio campo, dando espaço para o time de Ribeirão Preto cobrar várias faltas.

Mas não demorou para que o Bugre mudasse a postura e restabelecesse a posse de bola, foi assim que as oportunidades surgiram, todas pela intermediária. Auremir mandou uma bomba que passou rente ao gol, em seguida, Evandro driblou os marcadores e chutou forte, mas a bola saiu à esquerda de Neneca. As chances não acabaram e o arqueiro do Botafogo teve que protagonizar uma defesa milagrosa após cabeceio de Pipico. Deivid, até então apagado na partida, reapareceu ao resvalar na bola e carimbar a trave. Mas foi Lenon que protagonizou a última tentativa do Bugre em abrir o placar. Gilton cobrou arremesso lateral, Pipico ajeitou e no rebote, Lenon dominou, mas a bola foi fora.

Para o início da segunda etapa, ambas equipes não realizaram substituições. Assim como anteriormente, o Botafogo subiu ao gramado decidido a abrir o marcador, induzindo o Guarani ao erro, contudo, a dupla de zaga Leandro Amaro e Ferreira fez jus aos elogios e realizou belos desarmes, afastando o perigo. Com Pipico próximo a Gilton, pelo lado esquerdo, o técnico Chamusca substituiu Éverton, Fumagalli e Deivid por Renato Henrique, Marcinho e Alex Santana, respectivamente.

A partir dos 28′, Pipico protagonizou duas belas jogadas, que quase se transformaram no primeiro gol do Bugre. O camisa 9 cruzou para Éverton, que se antecipou e cabeceou forte, reacendendo a torcida no Brinco de Ouro. Na sequência e, em muita velocidade, Pipico arrancou pela esquerda, fez o cruzamento, a bola sobrou para Marcinho, mas foi longe do gol.  A última oportunidade do Guarani foi em tentativa de Alex Santana, no entanto, sem sucesso na finalização. O empate permaneceu até o apito do árbitro.

Com 15 pontos e a liderança do Grupo B garantida, o próximo compromisso do Bugre acontece fora de casa, na próxima segunda (11), às 19h15, diante do Mogi Mirim.

Ficha Técnica

Guarani x Botafogo-SP
Estádio Brinco de Ouro, Campinas

Gols: –
Cartões Amarelos: Alemão (Botafogo-SP)
Cartão Vermelho: –
Público: 4.041; Renda: 48.030,00

Guarani: Leandro Santos; Lenon, Ferreira, Leandro Amaro e Gilton; Evandro, Auremir; Renato Henrique (Éverton), Fumagalli (Marcinho) e Deivid (Alex Santana); Pipico. Técnico: Marcelo Chamusca

Botafogo-SP: Neneca; Daniel Borges (Serginho), Caio Ruan, Mirita, Diego Pituca; Rodrigo Thiesen, Danilo Bueno, Filipe (Thiago Primão); Samuel, Diogo Campos (Derli) e Alemão Técnico: Márcio Fernandes

Galeria de Fotos
Créditos: Israel Oliveira / Guarani Futebol Clube