Futebol Profissional

No Brinco de Ouro, Guarani empata com o Boa Esporte

Rafael Longuine marcou para o Bugre e Manoel descontou para os mineiros

Por Guarani Futebol Clube
Publicado em 30/06/2018, às 00:25.

…

O Guarani recebeu o Boa Esporte na noite desta sexta-feira (30), no Brinco de Ouro, pela décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e empatou em 1 a 1. Rafael Longuine marcou para o Bugre e Manoel empatou para o clube mineiro.

Com o resultado, o Guarani chegou aos 17 pontos ganhos e momentaneamente ocupa a nona colocação. O próximo confronto é na quinta-feira (05), às 18h, na Arena Barueri.

O Jogo

Sem Bruno Brígido e Baraka, o técnico Umberto Louzer promoveu mudanças no Guarani para enfrentar o Boa Esporte nesta sexta-feira. Georgemy ganhou a condição de titular na meta Bugrina e Bruno Nazário, recuperado de lesão, voltou ao time no lugar do volante. O Bugre iniciou a partida com: Georgemy; Kevin, Philipe Maia, Edson Silva e Pará; Ricardinho, Denner, Rafael Longuine, Bruno Nazário e Caíque; Bruno Mendes.

Bem disposto taticamente, o Guarani começou controlando as ações do jogo e pressionando o Boa Esporte em seu campo de defesa. Logo aos 2′, Bruno Mendes tabelou com Caíque, saiu de frente para Fabrício mas foi travado pela marcação. Sem conseguir penetrar na defesa mineira, Bruno Nazário optou pelo chute de média distância. Aos 11′, o meia arriscou de canhota, mas a bola saiu por cima.

Com o passar do tempo, o ímpeto inicial diminuiu e o Boa Esporte chegou com perigo. Aos 15′, após cruzamento, Alyson, de cabeça, levou perigo ao gol defendido por Georgemy. O Guarani respondeu aos 18′. Longuine arriscou de perna direita e Luan se jogou na bola para cortar. Aos 27′, o meia teve a melhor chance da primeira etapa para abrir o placar.

Kevin recebeu de Ricardinho, cruzou para trás, o meia apareceu na marca do pênalti, mas chutou em cima do zagueiro do Boa Esporte. Apesar do bom volume de jogo, o Bugre não conseguiu furar o bloqueio defensivo imposto pelo Boa Esporte e foi para o vestiário com o empate no placar.

Para o segundo tempo Umberto Louzer apostou na entrada de Matheus Oliveira na vaga de Caíque. E o Bugre iniciou bem novamente. Logo aos 2′, Bruno Nazário enfiou para Longuine, o meia deixou a marcação para trás e chutou para fora. O Boa Esporte respondeu aos 5′. William Schuster pegou de primeira, mas errou o alvo. Aos 9′, Rafael Longuine cruzou para Matheus Oliveira e o meia chutou mascado.

Aos 13′, Matheus Oliveira arriscou de fora da área e acertou a trave. A pressão surtiu efeito no lance seguinte. Kevin enfiou para Longuine, o meia só desviou para abrir o marcador. O Bugre teve a oportunidade de ampliar aos 22′. Edson Silva pegou o rebote, cabeceou à queima-roupa e Fabrício defendeu milagrosamente. Apesar do bom início, o Bugre voltou sofre no fim do jogo e cedeu o empate aos 41′. Manoel ganhou por cima e, de cabeça, empatou.

Ficha Técnica

Guarani Futebol Clube x Boa Esporte Clube
Estádio Brinco de Ouro, em Campinas
Arbitragem: Antônio Dib Moraes de Sousa, Thyago Costa Leitão e Rogério de Oliveira Braga
Gols: |GUA| Rafael Longuine |BOA|Manoel
Cartões Amarelos: |GUA| Philipe Maia, Kevin, Georgemy e Matheus Oliveira |BOA| Douglas Baggio, Djavan, Caíque, Willian Schuster
Cartão vermelho: –
Público e Renda: –

Georgemy; Kevin, Philipe Maia, Edson Silva e Pará; Ricardinho, Denner (Poveda), Rafael Longuine, Bruno Nazário (Guilherme) e Caíque(Matheus Oliveira); Bruno Mendes – Técnico: Umberto Louzer

Boa Esporte Clube

Fabrício; Helder, Caique, Luan e Elivélton; Djavan, Willian Schuster, Daniel Cruz, Douglas Baggio (Bruno) e Alyson (Kaio Christian); Felipe (Manoel) – Técnico: Carlos César