Futebol Profissional

Guarani vence o Juventus e assume a liderança da A2

Bruno Mendes e Erik fizeram os gols que garantiram a vitória do Bugre

Por Gabriel Ferrari
Publicado em 11/03/2018, às 12:55.

…

O Guarani é o novo líder do Campeonato Paulista da Série A2. Empurrado por mais de 900 bugrinos que foram à capital paulista, o Bugre venceu o Juventus por 2 a 0, na manhã deste domingo, no Estádio Conde Rodolfo Crespi, pela décima segunda rodada da segunda divisão paulista. Bruno Mendes e Erik, de pênalti, ainda no primeiro tempo, garantiram a vitória da equipe campineira.

Com o resultado, o Alviverde chegou aos 25 pontos, em 12 jogos disputados, e quatro pontos de diferença para o quinto colocado. O próximo compromisso é domingo (18), às 10h, diante do Penapolense, no Brinco de Ouro.

O Jogo

De última hora o técnico Umberto Louzer foi forçado mexer na equipe e não pode repetir o mesmo time que venceu a Internacional de Limeira, fora de casa, na última rodada. Rondinelly sentiu um desconforto muscular e não reuniu condições para a partida. Denner ganhou a vaga de titular e o Bugre iniciou a partida com: Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Fernando Lombardi e Marcílio; Baraka, Ricardinho, Bruno Nazário, Denner  e Erik; Bruno Mendes.

Como vem apresentando durante a Série A2, o Bugre começou em alta rotação. O trio ofensivo desequilibrou na primeira etapa e levou muito perigo à defensiva Juventina. A primeira chegada do Alviverde aconteceu aos 12′. Erik fez jogada pela esquerda, rolou para trás, Bruno Nazário chutou firme, André Dias defendeu e ainda espalmou o rebote de Bruno Mendes.

O Juventus até tentou responder aos 14′ com João Vitor e aos 15′ com Cesinha mas ambas as tentativas pararam em Bruno Brígido. O Guarani mantinha o domínio da partida e explorava as laterais de campo para chegar ao gol adversário. A partir dos 20 minutos só o Guarani atacou. Aos 25′, Bruno Nazário roubou do zagueiro, avançou e, de canhota, exigiu uma bela defesa de André Dias. O primeiro gol do Alviverde não demorou para sair.. Aos 28′, Lenon tocou para Nazário, o meia levantou na área e Bruno Mendes, de cabeça, abriu o marcador.

Após o gol, o Juventus recuou e o Guarani aproveitou o momento para ampliar. Aos 35′, Erik invadiu a área e foi derrubado por Douglas. Pênalti. O atacante cobrou firme, a bola tocou em André Dias mas morreu no fundo do gol do Juventus.

Com vantagem no marcador, o Bugre voltou para a segunda etapa administrando o resultado e viu o Juventus crescer dentro da partida. Aos 2′, após escanteio, Bruno Brígido deixou a bola escapar e Fernando Lombardi se jogou na bola para cortar o que seria o primeiro gol do Moleque Travesso.

O Alviverde respondeu aos 10′. Bruno Nazário cobrou escanteio, Bruno Mendes antecipou a defesa e obrigou André Dias espalmar. O ímpeto inicial da equipe Juventina foi diminuindo com o passar do tempo e o Bugre retomou o controle da partida. Aos 19′, Nazário cobrou falta e a bola passou com muito perigo. Aos 23′, o meia tentou um gol de placa. Ao perceber André Dias adiantado, o jogador arriscou de trás do meio campo mas o goleiro se recuperou a tempo de defender.

A partida era muito disputada e desgastante. O técnico Umberto Louzer promoveu mudanças para dar novo ânimo no Bugre. Fumagalli, Hélder e Serafim entraram nas vagas de Denner, Bruno Nazário e Bruno Mendes. Com mais gás, o Alviverde quase chegou ao terceiro já nos minutos finais. Fumagalli recebeu de Erik e chutou para boa defesa de André Dias.

Ficha Técnica

Clube Atlético Juventus x Guarani Futebol Clube
Estádio Conde Rodolfo Crespi, em São Paulo
Arbitragem: Thiago Luis Scarascati, Luis Felipe Prado Silva e Paulo Cesar Modesto
Gols – GUA: Bruno Mendes e Erik
Cartões Amarelos – GUA: Ricardinho, Philipe Maia e Lenon  JUV: Nata e Wellington Baroni
Público e Renda – 3.315 – R$ 54.225,00

Guarani Futebol Clube

Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Fernando Lombardi e Marcílio; Baraka, Ricardinho, Bruno Nazário (Hélder), Denner (Fumagalli) e Erik; Bruno Mendes (Serafim)  – Técnico: Umberto Louzer