Futebol Profissional

Guarani vence o Goiás e se reabilita na Série B

Braian Samudio anotou o único gol da partida e decretou a vitória Bugrina

Por Gabriel Ferrari
Publicado em 12/07/2017, às 00:04.

…

O Guarani recebeu o Goiás no Brinco de Ouro, na noite desta terça-feira (11), em duelo válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Em um jogo muito bem disputado, o Bugre fez valer o fator casa e bateu a equipe goiana pelo placar de 1 a 0. Braian Samudio, de cabeça, fez o gol que deu a vitória ao alviverde e consequentemente a reabilitação na Segunda Divisão Nacional.

O Bugre volta a campo no próximo sábado (15), às 16h30, contra o América Mineiro, em Belo Horizonte.

O Jogo

Após a derrota para o Juventude fora de casa, o técnica Vadão modificou o Bugre para enfrentar o Goiás. O treinador promoveu as entradas de Wilian Rocha e Caíque nos lugares de Genilson e Claudinho. As duas mexidas pegou muita gente de surpresa mas dentro de campo se saíram muito bem. O Guarani iniciou a partida com: Leandro Santos ; Lenon, Willian Rocha, Jussani e Salomão; Evandro, Auremir, Bruno Nazário, Fumagalli e Braian Samudio; Caíque.

A partida começou com a equipe adversária subindo as linhas de marcação e pressionando a saída de bola do Guarani. Nos minutos inicias, o abafa parecia surtir efeito, a defesa do Bugre tinha dificuldade de sair jogando e optava pelas bolas longas. A primeira boa oportunidade do Bugre saiu desta forma. Bruno Nazário roubou a bola, disparou em contra-ataque e serviu Braian Samudio. O paraguaio colocou na frente e chutou cruzado obrigando Marcelo Rangel fazer ótima defesa.

A partir da primeira chegada o Guarani se acalmou e colocou seu jogo em prática. Aos 16′, Fumagalli cobrou falta com capricho e o goleiro espalmou para fora. Aos 25′, Fumagalli levantou a bola na área, Wilian Rocha apareceu sozinho mas cabeceou em cima do goleiro adversário. O Guarani dominava mas desperdiçava chances de abrir o marcador. Aos 29′, Fumagalli cobrou falta, a bola passou por seis jogadores do Bugre e saiu em linha de fundo.

O Goiás, apesar de começar pressionando, só atacou com perigo aos 37′. Pedro Bambu recebeu de Carlinhos e chutou por cima do travessão. Aos 41′, Jean Carlos quase abriu o placar. O meia recebeu e de canhota acertou o travessão de Leandro Santos. Apesar do susto, a primeira etapa terminou com o placar igual.

O segundo tempo começou da mesma forma porém o Goiás levou perigo. Aos 15′, Victor Bolt driblou Wilian Rocha e chutou forte para boa defesa de Leandro Santos. Aos 18′, Gustavo perdeu ótima chance logo após entrar na partida. Carlinhos foi à linha de fundo, cruzou para trás e o atacante errou o alvo. O Guarani parecia aceitar a pressão adversária e o técnico Vadão tentou mudar. Juninho, Luiz Fernando e Richarlyson entraram nos lugares de Caíque, Fumagalli e Evandro.

As alterações surtiram efeito. Aos 22′, após rebote da defesa, Luiz Fernando ficou livre de frente para Marcelo Rangel mas isolou. O meia atacante voltou aparecer aos 32′. Luiz recebeu de costas, girou para direita e cruzou na cabeça de Braian Samudio. O paraguaio teve o trabalho de deslocar Marcelo e sair para comemorar seu quarto gol no Campeonato Brasileiro da Série B.

O Bugre ainda teve oportunidade de ampliar com Juninho mas o meia desperdiçou dentro da pequena área. A vitória foi a oitava do Bugre na Série B e manteve a equipe alviverde na vice-liderança do campeonato com 25 pontos ganhos em 13 jogos disputados.

Créditos: Daniel Chiesa / GuaraniPress

Homenagem

Os atletas do Bugre entraram com uma faixa em homenagem ao ex-presidente do Conselho Deliberativo, Antônio Oliveira que faleceu na última semana após um crime bárbaro na cidade de Campinas. Hoje e Sempre Antônio Oliveira!

 

Ficha Técnica

Guarani Futebol Clube x Goiás Esporte Clube
Estádio Brinco de Ouro, em Campinas

Arbitragem: Rodrigo Alonso Ferreira (SC), Helton Nunes (SC) e Éder Alexandre (SC)

Gols: Braian Samudio, aos 32′ do 2º T
Cartões Amarelos:Pedro Bambu, Willians, Victor Bolt e Bruno Nazário
Cartão Vermelho:
Público e Renda: 5.123 – R$79.799,00

Guarani Futebol Clube

Leandro Santos ; Lenon, Willian Rocha, Jussani e Salomão; Evandro (Richarlyson), Auremir, Bruno Nazário, Fumagalli (Juninho) e Braian Samudio; Caíque (Luiz Fernando) Técnico: Oswaldo Alvarez.

Goiás Esporte Clube

Marcelo Rangel; Pedro Bambu, Matheus Ferraz, Alex Alves e Carlinhos; Willians (Elyeser), Victor Bolt e Jean Carlos; Carlos Eduardo, Tiago Luís (Gustavo) e Michael (Andrezinho) Técnico: Sílvio Criciúma.