Futebol Profissional

Guarani se impõe, apresenta bom futebol e vence o CSA

Bruno Mendes marcou o gol da vitória do Bugre

Por Guarani Futebol Clube
Publicado em 22/09/2018, às 22:33.

…

O Guarani recebeu o CSA na noite deste sábado, no Brinco de Ouro, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, com  a dura missão de vencer para encostar no G4. Com um futebol de muita imposição, velocidade e força, o Alviverde cumpriu a tarefa muito bem e venceu por 1 a 0. Bruno Mendes, após linda assistência de Kevin, marcou o único gol do jogo.

Com o resultado, o Alviverde chega aos 44 pontos e ocupa, momentaneamente, a quarta colocação da competição. O próximo confronto é fora de casa diante do Vila Nova, na sexta-feira (28), às 21h30, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

O Jogo

Com todos atletas à disposição, Umberto Louzer optou por repetir a escalação que iniciou a partida diante do Juventude. O Bugre iniciou com: Agenor; Kevin, Philipe Maia, Fabrício e Pará; Willian Oliveira e Ricardinho; Matheus Oliveira, Rafael Longuine e Jefferson Nem; Bruno Mendes.

Primeiro Tempo

Com um futebol ofensivo, bem jogado e de muita imposição, o Guarani realizou um belíssimo primeiro tempo diante do CSA. Com transições rápidas, controle e muito volume de jogo, o Alviverde iniciou assustando logo no primeiro minuto. Willian Oliveira tocou para Jefferson Nem, o meia fez o corta-luz, Pará recebeu na linha de fundo e cruzou para Bruno Mendes, mas a zaga do time alagoano cortou antes do atacante chutar.

Aos 5′, Willian Oliveira cruzou, Rafael Longuine tentou pegar de primeira, mas errou o alvo. Aos 7′, Bruno Mendes apareceu novamente. Ricardinho invadiu a área, cruzou e o atacante cabeceou para fora. Apesar do volume, a pressão inicial não surtiu efeito e o CSA saiu para o jogo. Aos 14′, Daniel Costa se livrou da marcação, chutou rasteiro e Agenor defendeu. Aos 16′, foi a vez de Jhon Cley receber de Didira e chutar para fora.

Porém, o Bugre respondeu logo em seguida, aos 17′, com Jefferson Nem e retomou o controle do jogo. Aos 26′, Agenor salvou o Bugre na melhor oportunidade do CSA. Pio cobrou falta e o goleiro espalmou. Depois do susto, o time Bugrino correspondeu a expectativa dos mais de 6 mil e 800 torcedores presentes no Brinco de Ouro. Aos 30′, Kevin recebeu passe de Matheus Oliveira e serviu Bruno Mendes para abrir o marcador.

Após o gol, o Alviverde, inteligentemente, recuou suas linhas e adotou o contra-ataque como estratégia.

Segundo Tempo

A segunda etapa começou em ritmo mais lento, mas o Bugre continuou com o domínio das ações do jogo. O Alviverde só não fez o segundo porque o auxiliar anotou impedimento de Matheus Oliveira, aos 13′, após cobrança de falta de Fabrício. Aos 16′, o meia apareceu bem novamente. Após jogada trabalhada dentro da área, Matheus recebeu de Longuine, tirou a maração e chutou na trave.

O CSA tentou incomodar o Bugre com algumas alterações na forma de jogar, mas o Alviverde, bem postado, não passou por apuros e soube se defender muito bem. Para dar mais gás ao time, Umberto Louzer promoveu as entradas de Bruno Xavier, Fabrício Bigode e Caíque nas vagas de Matheus Oliveira, Longuine e Bruno Mendes.

Com a mesma postura sólida apresentada nas últimas partidas, a defesa Bugrina apresentou-se novamente muito bem nos minutos finais e garantiram mais um jogo sem levar gols.

Ficha Técnica

Guarani Futebol Clube x Centro Sportivo Alagoano
Estádio Brinco de Ouro, em Campinas
Arbitragem: Sávio Pereira Sampaio (DF), Daniel Henrique da Silva Andrade e Ciro Chaban Junqueira (Ambos DF).
Gols: Bruno Mendes
Cartão Amarelo: Willian Oliveira, Kevin (Guarani);Celsinho, Juan (CSA)
Cartão Vermelho: –
Público e renda: 6.803 pagantes – R$ 73.029,00

Guarani Futebol Clube

Agenor; Kevin, Philipe Maia, Fabrício e Pará; Willian Oliveira e Ricardinho; Matheus Oliveira (Bruno Xavier), Rafael Longuine (Fabrício Bigode) e Jefferson Nem; Bruno Mendes (Caíque). Técnico: Umberto Louzer

Centro Sportivo Alagoano

Felipe; Celsinho, Leandro Souza, Elivelton e Rafinha (Judivan); Yuri e Pio; Didira, Daniel Costa e Jhon Cley (Juan); Rubens (Alemão). Técnico: Marcelo Cabo.

Confira o gol da vitória do Bugre