Futebol Profissional

Guarani é melhor mas fica no empate com o Oeste

O Bugre empatou por 0 a 0 e viu seu aproveitamento cair jogando em casa

Por Guarani Futebol Clube
Publicado em 21/06/2017, às 01:03.

…

O Guarani ficou no quase. O Bugre enfrentou o Oeste na noite desta terça-feira (20), no Brinco de Ouro mas não conseguiu manter o ótimo aproveitamento e acabou empatando pela primeira vez na competição. O alviverde vinha de uma série de quatro jogos e quatro vitórias em casa, mas nesta noite diante do time de Barueri ficou no zero a zero.

O resultado porém, não mudou a situação do clube na tabela de classificação da Série B. O Guarani ocupa a segunda colocação com 16 pontos ganhos, dois a menos que o líder Juventude.

O Jogo

A derrota em Criciúma fez o técnico Vadão optar pelo que vinha dando certo. O treinador manteve a base que venceu o Paysandu e mandou o Bugre a campo com: Leandro Santos; Lenon, Genilson, Diego Jussani e Salomão; Auremir e Evandro; Bruno Nazário, Fumagalli e Braian Samudio; Eliandro.

Apesar da noite fria em Campinas, a partida começou quente. Aos 5′, Fumagalli recebeu com liberdade na intermediária e arriscou um chute venenoso que passou à esquerda de Rodolfo. Aos 7′, o meia recebeu bom cruzamento da direita, mas faltou capricho na hora da finalização de cabeça. A partida em seu início parecia um duelo entre o camisa 10 do Bugre e o goleiro do time de Barueri.

Aos 11′, Fumagalli recebeu livre e soltou uma bomba obrigando Rodolfo colocar a bola pela linha lateral. O ímpeto inicial do Bugre caiu, e aos 12′, Alexandro respondeu. O atacante invadiu a área e chutou cruzado para boa defesa de Leandro Santos. O Bugre respondeu aos 17′ e aos 22′, sempre com Fumagalli. Na primeira oportunidade o meia arriscou do bico esquerdo da grande área e Rodolfo agarrou. Na segunda oportunidade, o meia cobrou falta com capricho e o goleiro só acompanhou.

O Guarani era melhor e demonstrava isso em seu volume de jogo mas apesar das ótimas oportunidades o Bugre não conseguiu abrir o marcador no primeiro tempo. Na segunda etapa o Bugre demorou para atacar. Aos 10′, Eliandro pegou rebote e chutou firme, em cima de Rodolfo. O goleiro adversário era o destaque da partida. E na oportunidade em que o Bugre conseguiu vencer Rodolfo, o árbitro assinalou impedimento de Eliandro. Aos 11′, Nazário serviu o atacante, e o artilheiro encobriu o goleiro mas, o assistente assinalou posição irregular.

O Guarani não amoleceu e continuou em busca do primeiro gol. Aos 16′, Bruno Nazário recebeu com liberdade pela direita, carregou, ajeitou e chutou muito perto do ângulo esquerdo de Rodolfo. Aos 19′, o Bugre teve sua melhor oportunidade dentro do jogo. Após jogada ensaiada, Fumagalli recebeu sozinho na pequena área e chutou forte, Rodolfo pegou à queima-roupa.

O Guarani tentou até o final mas a ótima atuação do goleiro adversário dificultou a sequência de vitórias do Bugre no Brinco. Apesar do empate, o alviverde manteve a segunda colocação e no próximo sábado enfrentar o lanterna Naútico, às 19h, em Campinas.

 

Ficha Técnica

Guarani Futebol Clube x Oeste Futebol Clube
Estádio Brinco de Ouro, em Campinas

Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira (RN), Vinícius Melo de Lima (RN) e Jean Márcio dos Santos (RN)

Gols:
Cartões Amarelos: Ricardinho e Guilherme Romão
Cartão Vermelho:
Público e Renda: 2.499 – R$38.251,00

Guarani Futebol Clube

Leandro Santos ; Lenon, Genilson , Jussani e Salomão; Evandro (Richarlyson), Auremir, Bruno Nazário, Braian Samudio (Caíque) e Fumagalli (Luiz Fernando); Eliandro Técnico: Oswaldo Alvarez.

Oeste Futebol Clube

Rodolfo; Willian Cordeiro; Joilson, Leandro Amaro e Ricardinho (Guilherme Romão); Lidio; Betinho e Júlio César; Alexandro (Gabriel Vasconcelos), Danielzinho e Erick (Velicka) Técnico: Roberto Cavalo.