Futebol Profissional

Guarani bate o Criciúma e volta vencer na Série B

Bruno Nazário marcou o único gol da partida e garantiu a segunda vitória do Bugre na competição

Por Gabriel Ferrari
Publicado em 08/05/2018, às 22:37.

…

O Guarani conquistou sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro da Série B. O Bugre recebeu o Criciúma, na noite desta terça-feira (08), no Brinco de Ouro, e venceu por 1 a 0. Bruno Nazário marcou o gol que definiu a partida.

Com o resultado, o clube campineiro chega aos seis pontos ganhos em cinco partidas disputadas e ocupa, momentaneamente, a oitava colocação. O próximo confronto é sábado (18), às 19h15, contra o Goiás, em Goiânia.

O Jogo

Após o revés sofrido no última rodada, o técnico Umberto Louzer promoveu modificações no Bugre. Philipe Maia retornou de suspensão e ganhou a vaga de Éverton Alemão. Rafael Longuine e Anselmo Ramon substituíram Erik e Bruno Mendes respectivamente. O Guarani inciou a partida com: Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Edson Silva e Marcílio; Baraka  e Ricardinho; Bruno Nazário, Rondinelly  e Rafael Longuine; Anselmo Ramon.

O primeiro tempo mostrou uma equipe muito concentrado, aplicada taticamente, com imposição e muito domínio territorial. Porém, todo esse volume de jogo não foi aproveitado. O Alviverde começou incomodando Luiz aos 6′. Rondinelly fez linda jogada individual, invadiu a área mas foi abafado por Luiz na hora da conclusão. Aos 9′, Anselmo Ramon tabelou com Lenon, driblou a marcação e chutou firme em cima do arqueiro adversário.

Aos 19′, Rafael Longuine aproveitou a bobeada da zaga, invadiu a área e, sem goleiro, demorou para chutar. No rebote, Anselmo Ramon carimbou o zagueiro Sandro. Aos 23′, os papeis mudaram. Anselmo cruzou e Longuine desviou com perigo. O Bugre não sofria no setor defensivo e não abriu o placar por falta de capricho na finalização. Aos 34′, Anselmo Ramon arrancou, driblou o zagueiro e chutou à esquerda do gol.

De tanto martelar, o Bugre furou o bloqueio. Aos 41′, Longuine deu assistência para Nazário, o meia recebeu, ajeitou e encheu o pé na saída de Luiz para fazer o primeiro do Guarani. O gol deu a tranquilidade necessária para a equipe descer ao vestiário no intervalo e planejar o segundo tempo.

O início da segunda etapa deu indícios de que a partida estava sobre controle e que a partida se encaminharia para uma vitória tranquila dos donos da casa. Logo aos 2′, Baraka serviu Nazário, o meia ajeitou no peito e fez o segundo, porém o auxiliar, de maneira equivocada, assinalou impedimento. Daí em diante, o Criciúma cresceu no jogo e deu trabalho ao goleiro Bruno Brígido.

Aos 11′, Elvis arriscou da entrada da área e Bruno espalmou. Aos 16′, Philipe Maia falhou, a bola sobrou nos pés de Nicolas mas o meia errou o alvo. Com menor ímpeto em relação ao adversário, Umberto mexeu no time e promoveu as entradas Erik, Denner e Guilherme nas vagas de Longuine, Rondinelly e Bruno Nazário. O Bugre ganhou fôlego e soube sofrer até o último minuto para garantir sua reabilitação na Série B.

Ficha Técnica

Guarani Futebol Clube x Criciúma Esporte Clube
Estádio Brinco de Ouro, em Campinas
Arbitragem: Mayron Frederico dos Reis Novais – MA, Antonio Adriano de Oliveira – MA e Carlos André Pereira Sousa – MA
Gols: Bruno Nazário
Cartões Amarelos: Philipe Maia (Guarani); Fábio Ferreira, Lucas Coelho, Élvis, Eduardo, Andrew (Criciúma)
Cartão vermelho: Elvis (Criciúma)
Público e Renda: 2.511 – R$ 30.125,00.

Bruno Brígido; Lenon, Philipe Maia, Edson Silva e Marcílio; Baraka  e Ricardinho; Bruno Nazário (Guilherme), Rondinelly (Denner)  e Rafael Longuine (Erik); Anselmo Ramon –  Técnico: Umberto Louzer

Criciúma Esporte Clube

Luiz; Sueliton (Kalil), Sandro, Fábio Ferreira e Enzo; Liel, Eduardo e Elvis; João Paulo, Lucas Coelho (Nicolas) e Mailson (Andrew) – Técnico: Argel Fucks