Futebol Profissional

Fumagalli marca e Guarani empata com a Portuguesa

O meia não marcava desde a estreia contra o Oeste

Por Guarani Futebol Clube
Publicado em 09/04/2017, às 15:07.

…

Após a goleada sobre o Sertãozinho, no último fim de semana, o Guarani voltou a campo na manhã deste domingo (09), para enfrentar a Portuguesa, em duelo válido pela 16ª rodada do Campeonato Paulista da Série A2. Sob um sol muito forte, o Bugre foi guerreiro e após sair atrás no marcador, empatou a partida com gol de Fumagalli.

O empate mantém o Guarani na quarta colocação do Campeonato Paulista com 27 pontos ganhos, atrás de Água Santa, São Caetano e Rio Claro. O próximo duelo do alviverde é contra o Mogi Mirim, quarta-feira, às 16h.

O Jogo

Após a goleada sobre o Sertãozinho, no último final de semana, o técnico Vadão teve uma semana cheia para recuperar e trabalhar a equipe. Sem nenhum desfalque em relação ao time que goleou na rodada anterior, Oswaldo Alvarez escalou o Bugre com: Leandro Santos; Lenon, Genilson, Jussani e Denis Neves; Auremir e Evandro; Bruno Nazário Fumagalli e Uederson; Eliandro.

A proposta de ofensiva e de propor foi a tônica do Guarani durante o confronto. O Bugre dominou as ações do jogo, mas encontrou um adversário inspirado do outro lado. Aos 9’, Bruno Nazário perdeu a bola e no contra-ataque Luizinho chutou para boa defesa de Leandro Santos. Aos 16’, o Guarani esboçou reação, mas ficou no quase. Denis Neves cruzou, a zaga rebateu e Evandro chutou para fora no rebote.

O jogo era muito movimentado e em uma escapada pela esquerda, a Portuguesa abriu o marcador. Thiago Feltri foi à linha de fundo e cruzou para Bruno Duarte abrir o marcador. O gol fez o Guarani se abrir e ir em busca do empate.

Aos 26’, Auremir fez boa jogada, cruzou, e no rebote Evandro desperdiçou mais uma vez. O Guarani encontrava dificuldade para penetrar na marcação lusitana, e os chutes de média distância eram a melhor opção para o Bugre. Aos 38’, foi a vez de Auremir. Após escanteio o volante soltou uma bomba e a bola passou perto do gol de Berna.

Aos 39’, mais Guarani. Fumagalli recebeu e mandou uma bomba. Ricardo Berna, bem posicionado, espalmou para lateral. Fumagalli e Berna travaram uma disputa pessoal. Aos 41’, o meia cobrou falta e o goleiro pegou. Aos 45’, de novo. Fumagalli bateu com perfeição e de novo Ricardo pegou. No primeiro tempo o goleiro levou vantagem sobre o meia e manteve a vitória parcial para o time de São Paulo.

Afim de tentar mudar a postura do Bugre, Vadão deu uma injeção de ânimo nos atletas no vestiário e o que se viu no segundo tempo foi diferente da primeira etapa. Logo na primeira jogada, Berna salvou duas vezes. Em jogada ensaiada, Jussani escorou para o meio, Nazário bateu e o goleiro pegou. No rebote, o chute de Fumagalli também foi defendido.

A chegada mostrou que a postura seria diferente. Aos 2, Uederson recebeu cruzamento e soltou uma bomba tirando tinta da trave. Aos 3’, Denis recebeu e chutou cruzado para boa defesa do goleiro. Aos 11, Uederson desperdiçou novamente. Após jogada de Denis, o atacante chutou torto de canhota.

O sol fez com que o jogo perdesse o ritmo. E pensando nisso, Vadão mudou o Bugre. Denis saiu machucado para entrada de Renato. Auremir e Uederson deixaram o time para Lorran e Marcinho entrar com mais velocidade.

Aos 41, quase Lorran empatou. O atacante recebeu bom lançamento mas na hora de chutar foi travado e mandou para fora. Aos 42’, foi a vez de Marcinho. O meia soltou um canudo do meio da rua mas parou em Berna. O gol do Guarani estava maduro mas a defesa da Portuguesa deu uma ajuda. Bruno Nazário entrou em diagonal e Amaral meteu a mão na bola. Raphael Claus assinalou pênalti.

Fumagalli que travava uma luta pessoa com Berna e que não marcava desde a estreia do Guarani no Paulista, bateu firme, no alto para empatar a partida e dar número finais ao confronto. Com o resultado, o Bugre permanece em quarto colocado com 27 pontos ganhos.


Ficha Técnica

Guarani Futebol Clube x Associação Portuguesa de Desportos
Estádio Brinco de Ouro, em Campinas.

Arbitragem: Raphael Claus, Vitor Carmona Metestaine e Evandro de Melo Lima.

Gols: Bruno Duarte, aos 20’ do 1º T e Fumagalli, aos 47’ do 2ºT
Cartões Amarelos: Tarik e Auremir
Cartão Vermelho:

Público e Renda: 12.067 – R$ 105.771,00

 

 Guarani Futebol Clube

Leandro Santos; Lenon, Genilson, Jussani e Denis Neves (Renato); Auremir (Marcinho) e Evandro; Bruno Nazário Fumagalli e Uederson (Lorran); Eliandro. Técnico: Oswaldo Alvarez.

Associação Portuguesa de Desportos

Ricardo Berna; Amaral, Vinicius Gouveia, Everton e Thiago Feltri; Dinho, Tárik (Ronaldo), Bruno Xavier (Bruno Santos) e Leandro Domingues; Luizinho (Bruno Oliveira) e Adilson. Técnico: Estevam Soares