Futebol Profissional

Fora de casa, Guarani vence e mantém tabu contra o CSA

Guilherme e Rafael Longuine marcaram os gols da vitória por 2 a 1. Rafinha fez para o adversário

Por Guarani Futebol Clube
Publicado em 05/06/2018, às 23:19.

…

O Guarani conquistou sua primeira vitória fora de casa no Campeonato Brasileiro da Série B e manteve o tabu de 30 anos sem perder para o CSA. Na noite desta terça-feira (05), o Bugre foi até Maceió e bateu o Azulão, por 2 a 1, de virada, no Estádio Rei Pelé. Guilherme e Rafael Longuine fizeram os gols do Alviverde. Rafinha marcou para a equipe alagoana.

Com o resultado, a equipe Bugrina chega aos 13 pontos ganhos, sobe a oitava colocação e fica a dois pontos do G4. O próximo compromisso é sábado (09), às 16h30, no Brinco de Ouro, contra o Vila Nova.

O Jogo

Sem Lenon suspenso e Anselmo Ramon vetado pelo Departamento Médico, o técnico Umberto Louzer promoveu três mudanças na equipe do Guarani para enfrentar o CSA na noite desta terça. Kevin, Denner e Bruno Mendes entraram no time e o Bugre iniciou a partida com: Bruno Brígido; Kevin, Éverton Alemão, Edson Silva e Pará; Baraka, Ricardinho, Denner e Rafael Longuine; Bruno Mendes e Guilherme.

A primeira etapa foi bastante disputada no setor de meio-campo e com apenas uma chance clara de gol para o Guarani. O CSA, por sua vez, apostou nos contra-ataques e nas bolas paradas para levar perigo ao gol de Bruno Brígido. O Bugre teve a chance de sair na frente do marcador aos 12′. Edson Silva levantou para o campo de ataque, Xandão recuou equivocadamente, Bruno Mendes ganhou na velocidade mas, sem goleiro, chutou em cima do defensor.

O CSA respondeu aos 25′. Daniel Costa recebeu na entrada da área e chutou firme para boa defesa do goleiro Bugrino. Sem conseguir ultrapassar a defensiva do Guarani, o CSA conseguiu abrir o marcador aos 26′ na bola parada. Rafinha cobrou falta, a bola desviou e enganou Bruno Brígido. O gol fez o Guarani lançar-se ao ataque. Aos 36′, Ricardinho chutou da entrada da área mas pegou mal. A última tentativa aconteceu aos 51′. Denner levantou na área, Mota deu rebote mas se recuperou na tentativa de Everton Alemão.

A segunda etapa foi mais movimentada. Logo aos 5′. Michel Douglas recebeu cruzamento de Celsinho e cabeceou para boa defesa de Bruno Brígido. A resposta do Guarani veio rápido e foi eficaz. Aos 12′, Kevin enfiou para Guilherme, o meia emendou de primeira e empatou o jogo. O Bugre não teve nem tempo de comemorar e marcou novamente. Aos 14′, Longuine recebeu pela direita, chutou forte e encobriu o goleiro Mota. Golaço para virar o placar.

À frente no marcador, o Bugre foi muito sólido defensivamente, soube conter a pressão feita pelo CSA e conseguiu concretizar sua primeira vitória longe de seus domínios na Série B. A vitória do Guarani longe de casa na Série B também quebra um tabu de mais de 11 meses sem vencer atuando fora do Brinco na segundona.

Ficha Técnica

Centro Sportivo Alagoano x Guarani Futebol Clube
Estádio Rei Pelé, em Maceió
Arbitragem: Andrey da Silva e Silva (PA), Márcio Gleidson Correia Dias (PA) e José Ricardo Guimarães Coimbra (PA)
Gols: CSA – Rafinha – GUA – Guilherme e Rafael Longuine
Cartões Amarelos: CSA – Leandro Souza, Edinho, Didira e Xandão – GUA – Baraka 
Cartão vermelho:
Público e Renda: 9.042 – R$ 114.886,00

Centro Sportivo Alagoano

Alexandre Cajuru (Mota); Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Edinho e Boquita (Pingo); Didira, Daniel Costa (Taiberson) e Niltinho; Michel Douglas – Técnico: Marcelo Cabo
Bruno Brígido; Kevin, Éverton Alemão, Edson Silva e Pará; Baraka e Ricardinho; Rafael Longuine (Erik), Guilherme (Caíque) e Denner (Willian Oliveira); Bruno Mendes – Técnico: Umberto Louzer