Futebol Profissional

Fora de casa, Guarani é derrotado pelo São Bento

O próximo compromisso do Bugre é diante do Avaí

Por Guarani Futebol Clube
Publicado em 05/10/2018, às 23:23.

…

O Guarani visitou o São Bento na noite desta sexta-feira (05), pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, e foi derrotado pelo placar de 1 a 0. Luizão, fez o único gol da partida e deu a vitória aos sorocabanos.

Com a derrota, o Alviverde permanece com 45 pontos e ocupa, momentaneamente, a quinta colocação. O próximo compromisso é diante do Avaí, sábado (13), às 16h30, no Brinco de Ouro.

O Jogo

Sem Philipe Maia e Bruno Mendes suspensos e com os retornos de Kevin e Willian Oliveira, o técnico Umberto Louzer não fez mistério e promoveu as entradas de Ferreira e Bruno Xavier no time titular Bugrino para enfrentar o São Bento. O Bugre enfrentou o time sorocabano com: Agenor; Kevin, Ferreira, Fabrício e Pará; Willian Oliveira e Ricardinho; Matheus Oliveira, Rafael Longuine e Jefferson Nem; Bruno Xavier.

Primeiro Tempo

A primeira etapa foi bastante movimentada. Porém, o Bugre encontrou dificuldades para entrar no jogo e levar perigo para a retaguarda do time Sorocabano. A primeira boa oportunidade foi do time da casa. Aos 4′, Francis recebeu pela direita, arriscou e a bola se perdeu em linha de fundo. Aos 08′, o atacante tentou novamente e a bola foi para fora.

Sem conseguir infiltrar pelo chão, o Guarani optou pela bola aérea, mas também não obteve sucesso. Após os vinte primeiros minutos, o Alviverde conseguiu encaixar seu jogo e melhorou na partida. Aos 22′, Matheus Oliveira tabelou com Bruno Xavier, mas chutou por cima. Aos 24′, Longuine iniciou o contra-ataque, tocou para Bruno Xavier, o atacante achou Matheus Oliveira, mas o meia foi contido pela marcação.

Com maior controle da partida, o Bugre optou por apostar nos contra-ataques e nas transições rápidas principalmente pelos lados do campo. Aos 29′, Longuine recebeu sozinho, chutou, a bola desviou na marcação. Mas ainda sobrou para Bruno Xavier chutar em cima do goleiro. Agenor, que trabalhou bastante no começou do jogo, terminou a primeira etapa como mero espectador.

Por outro lado, Rodrigo Viana, ainda passou por apuros nas chegadas de Kevin aos 31′ e Matheus Oliveira aos 36′.

Segundo Tempo

Diferentemente da primeira etapa, o Bugre voltou com uma postura mais ofensiva e propondo o jogo no segundo tempo. Logo aos 3′, Matheus Oliveira recebeu e soltou uma pancada de perna esquerda. A bola foi no cantinho, mas Rodrigo Viana colocou para escanteio. O São Bento respondeu aos 10′. Roni bateu escanteio, Gabriel Vasconcellos desviou e a bola saiu com perigo.

Aos 13′, Bruno Xavier fez grande jogada, levantou na área, mas Jefferson Nem cabeceou nas mãos de Rodrigo Viana. Aos 18′, o time sorocabano perdeu sua melhor chance. Roni cobrou escanteio fechado, a zaga Bugrina afastou e Toni, dentro da área, chutou para fora. O jogo ficou aberto e o Guarani se lançou para o ataque em busca da vitória.

Umberto promoveu as entradas de Filipe Rodrigues e Matheus Anjos nas vagas de Jefferson Nem e Rafael Longuine. O time Bugrino melhorou e teve, aos 44′, sua melhor oportunidade. Matheus Oliveira arrancou em direção ao gol, mas foi derrubado na entrada da área por Éwerton Páscoa. O zagueiro adversário foi expulso.

Na cobrança, o lateral-esquerdo Pará, acertou a barreira. No retorno, Felipe Rodrigues fez falta, duvidosa, e tomou o segundo cartão amarelo, deixando o Bugre também com 10. Aos 48′, após cobrança de falta, Luizão, de cabeça, deu a vitória ao time da casa.

Ficha Técnica

São Bento Futebol Clube x Guarani Futebol Clube
Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba
Arbitragem: Rodrigo Carvalhães de Miranda
Gols: Luizão (São Bento)
Cartão Amarelo: Fabrício, Fabrício Bigode, Felipe Rodrigues (GUA); Marcelo Cordeiro e Luizão (SBN)
Cartão Vermelho: Felipe Rodrigues (GUA) e Ewerton Páscoa (SBN)
Público e renda: 3.105 pessoas – R$ 55.350,00

São Bento Futebol Clube

Rodrigo Viana; Tony Ewerton Páscoa, Anderson Salles e Marcelo Cordeiro; Fábio Bahia, Dudu Vieira e Zezinho (Diogo Oliveira); Roni (Cléo Silva), Francis e Gabriel Vasconcelos (Luizão). Técnico: Marquinhos Santos

Guarani Futebol Clube

Agenor, Kevin, Ferreira, Fabrício e Pará; William Oliveira (Fabrício Bigode), Ricardinho, Jefferson Nem (Felipe Rodrigues), Rafael Longuine (Matheus Anjos)e Matheus Oliveira; Bruno Xavier. Técnico: Umberto Louzer