Futebol Profissional

Fora de casa, Guarani conquista ponto importante diante do Vila Nova

Felipe Rodrigues marcou no empate por 1 a 1 contra o time goiano

Por Guarani Futebol Clube
Publicado em 29/09/2018, às 00:19.

…

O Guarani visitou o Vila Nova na noite desta sexta-feira, no Serra Dourada, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e empatou por 1 a 1. Felipe Rodrigues marcou o gol do Bugre. Rafael Silva descontou para o time adversário.

Com o resultado, o Alviverde chega aos 45 pontos e ocupa a quinta colocação. O próximo compromisso é diante do São Bento, sexta (05), às 19h, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba.

O Jogo

Sem Kevin e Willian Oliveira suspensos, o técnico Umberto Louzer não fez mistério e promoveu a entrada de Felipe Rodrigues e Fabrício Bigode no time titular Bugrino para enfrentar o Vila Nova. O Bugre enfrentou o time goiano com:

Primeiro Tempo

A primeira etapa da partida iniciou muito movimentada. Logo no primeiro minuto, Bruno Mendes arriscou de perna direita e Pasinato defendeu. O Vila Nova respondeu aos 6′. Matheus Anderson recebeu de Alan Mineiro e chutou na rede pelo lado de fora.

Mas, de uma hora para outra, um apagão tomou conta do gramado do Serra Dourada. Não figurativamente. E sim literalmente. Aos 16′ do primeiro tempo, a explosão de um transformador fez com que a partida ficasse paralisada por exatos 27 minutos. Após o reinicio, o Bugre impôs seu jogo e incomodou bastante a melhor defesa do campeonato. Agenor também trabalhou, mas menos que Pasinato.

Aos 24′, Loguine cobrou falta, Felipe Rodrigues desviou, de cabeça, e a bola passou com perigo ao gol do time goiano. Aos 32′, foi a vez de Matheus Oliveira levar perigo. O meia aproveitou o rebote da defesa e chutou rasteiro para boa defesa do goleiro adversário. Aos 35′, Matheus Oliveira foi o garçom. O meia rolou para Fabrício Bigode e o volante chutou à direita.

A pressão surtiu efeito aos 40′. Matheus Oliveira cobrou escanteio pela esquerda, Felipe Rodrigues se desvencilhou da marcação e apareceu na segunda trave para empurrar para a rede e fazer seu primeiro gol com a camisa Bugrina.

Segundo Tempo

O Guarani voltou com o mesmo ímpeto que terminou o primeiro tempo. E logo aos 2′, quase ampliou o marcador. Jefferson Nem achou Matheus Oliveira entre linhas, o meia chutou de primeira, a bola desviou e quase enganou Matheus Pasinato. Aos 09′, Rafael Longuine sofreu falta na entrada da área e, na cobrança, a bola passou tirando tinta da trave.

Apesar da pressão, o Bugre não conseguiu ampliar o marcador. E, ainda viu Rafael Silva, aos 15′, empatar. Após o gol, o time Bugrino tentou se reorganizar para voltar para a partida e, Umberto Louzer, promoveu três mudanças para melhorar taticamente. Bruno Xavier, Caíque e Rondinelly entraram nas vagas de Matheus Oliveira, Jefferson Nem e Longuine.

As mudanças surtiram efeito e o Guarani retomou o comando das ações. Aos 43′, Caíque recebeu dentro da área, chutou cruzado e Wesley Mattos cortou. O Vila ainda tentou com Geovane, aos 47′, mas parou em Agenor.

Ficha Técnica

Vila Nova Futebol Clube x Guarani Futebol Clube
Estádio Serra Dourada, em Goiás.
Arbitragem: Wanderson Alves de Souza (MG).
Gols: Felipe Rodrigues (Guarani); Rafael Silva (Vila Nova)
Cartão Amarelo: Philipe Maia, Felipe Rodrigues (Guarani); Rafael Silva, Naylhor, Washington, Léo Itaperuna (Vila Nova)
Cartão Vermelho: –
Público e renda:

Vila Nova Futebol Clube

Mateus Pasinato; Moacir, Wesley Matos, Naylhor e Diego Giaretta; Geovane e Washington; Lucas Braga (Alex Henrique), Alan Mineiro e Mateus Anderson (Léo Itaperuna); Rafael Silva (). Técnico: Hemerson Maria

Guarani Futebol Clube

Agenor; Felipe Rodrigues, Philipe Maia, Fabrício e Pará; Fabrício Bigode e Ricardinho; Matheus Oliveira (Caíque), Rafael Longuine (Rondinelly) e Jefferson Nem (Bruno Xavier); Bruno Mendes. Técnico: Umberto Louzer