Futebol Profissional

Em jogo de cinco gols, Guarani perde para o Figueirense

Trevisan, Ferrareis e Henan marcaram para o adversário. Longuine e Matheus Oliveira fizeram pelo lado do Bugre

Por Guarani Futebol Clube
Publicado em 18/07/2018, às 00:43.

…

O Guarani perdeu a invencibilidade de sete jogos no Campeonato Brasileiro da Série B. Na noite desta terça-feira, o Bugre recebeu o Figueirense, no Brinco de Ouro, pela 16ª rodada, e foi derrotado por 3 a 2. Trevisan, Ferrareis e Henan marcaram para o adversário. Longuine e Matheus Oliveira fizeram para o time Bugrino.

Com o resultado, o Alviverde fica na oitava posição, com 23 pontos, até o complemento da rodada. O próximo compromisso é na terça-feira (24), às 20h30, contra o Paysandu, em Belém.

O Jogo

Pela terceira vez consecutiva, o Bugre repetiu a mesma escalação e iniciou com: Oliveira; Kevin, Éverton Alemão, Edson Silva e Pará; Willian Oliveira, Ricardinho, Denner , Rafael Longuine e Matheus Oliveira; Bruno Mendes.

Primeiro Tempo

A primeira etapa foi muito movimentada. O Guarani, em dois descuidos, viu o Figueirense abrir vantagem, mas soube manter o equilíbrio necessário para conseguir descer ao vestiário com a igualdade no marcador. Logo no primeiro ataque, o time catarinense abriu o marcador. Aos 7′, Henrique Trevisan aproveitou o escanteio e marcou de cabeça.

O Guarani respondeu aos 18′. Longuine recebeu de Éverton Alemão, arriscou de direita, mas a bola se perdeu em linha de fundo. Porém, foi aos 20′, que o Bugre conseguiu o empate. Bruno Mendes ajeitou para Willian Oliveira, o volante chutou em cima da marcação e Rafael Longuine apareceu para empatar o jogo.

O empate inflamou a massa Bugrina presente no Brinco de Ouro e o Alviverde se lançou em busca da virada. Aos 23′, Bruno Mendes lançou para Matheus Oliveira, o meia ganhou da marcação mas foi desequilibrado na hora da conclusão. Na tentativa da virada, o Bugre pecou na recomposição e o adversário soube aproveitar os espaços deixados entre as linhas. Aos 29′, Henan tocou para Ferrareis, o meia arriscou e fez o segundo.

Novamente atrás do marcador, o Guarani se lançou em busca do empate e, aos 40′, após lindo passe de Kevin, Matheus Oliveira chutou cruzado e empatou novamente o marcador.

Segundo Tempo

A segunda metade transcorreu com um pouco mais de paciência por parte do Figueirense e com um Guarani disposto à impor ainda mais o ritmo do jogo. Porém, o adversário manteve o jogo reativo e contou com a falha do sistema defensivo Bugrino para marcar o terceiro gol. Aos 11′, Henan aproveitou a sobra de bola e colocou o Furacão do Estreito novamente em vantagem.

Sem conseguir penetrar no sistema defensivo do time alvinegro, coube ao técnico Umberto Louzer tentar melhorar o poderio ofensivo. Rondinelly, Marcão e Guilherme entraram nas vagas de Denner, Willian Oliveira e Matheus Oliveira. Apesar da tentativa, o Bugre não conseguiu furar o bloqueio do adversário e conheceu sua quinta derrota na competição.

Ficha Técnica

Guarani Futebol Clube x Figueirense Futebol Clube
Estádio Brinco de Ouro, em Campinas
Arbitragem: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL), Pedro Jorge Santos de Araújo e Rondinelle dos Santos Tavares.
Gols: |GUA|Longuine e Matheus Oliveira |FIG| Trevisan, Ferrareis e Henan
Cartões Amarelos: |GUA| Matheus Oliveira e Rondinelly |FIG| Matheus Sales e Renan Mota
Cartão vermelho:
Público e Renda: 3.824 – R$ 47.528,00

Oliveira; Kevin, Éverton Alemão, Edson Silva e Pará; Willian Oliveira (Guilherme) e Ricardinho; Matheus Oliveira (Marcão), Rafael Longuine e Denner (Rondinelly ); Bruno Mendes. Técnico: Umberto Louzer.

Figueirense Futebol Clube

Denis; Diego Renan, Nogueira, Cleberson e Trevisan; Zé Antônio; Matheus Sales, Patrick (Maikon Leite), Renan Mota e Ferrareis (Eduardo); Henan (André Luís). Técnico: Milton Cruz.