Futebol Profissional

Eliandro brilha e Guarani estreia com vitória

O atacante marcou duas vezes e ajudou o Bugre bater o Brasil de Pelotas

Por Gabriel Ferrari
Publicado em 12/05/2017, às 23:46. Atualizado em 13/05/2017 às 00:05.

…

Após quatro intermináveis anos, o Guarani voltou a jogar o Campeonato Brasileiro da Série B. Na noite desta sexta-feira (12) o Bugre recebeu Brasil de Pelotas no Brinco de Ouro, pela primeira rodada da Segundona. Em uma noite muito inspirada, Eliandro marcou duas vezes e ajudou o Bugre na vitória por 2 a 0 sobre a equipe gaúcha. O próximo confronto do Guarani é contra o Santa Cruz, no próximo sábado (20), às 16h30, no Estádio do Arruda, em Recife. Com a vitória o Bugre é líder momentâneo do Campeonato Brasileiro da Série B;

O Jogo

Os dezenove dias de preparação para a estreia na Série B serviram para o técnico Oswaldo Alvarez montar uma base sólida e fortalecer o que não deu certo no Campeonato Paulista da Série A2. Doze atletas chegaram para reforçar o Bugre mas foi praticamente a mesma equipe quer terminou a segunda divisão estadual que entrou em campo para enfrentar o Brasil de Pelotas. A única mudança ficou por conta da entrada de Claudinho na vaga que até então vinha sendo ocupada por Uederson. O Bugre foi a campo com: Leandro Santos; Lenon, Genilson, Jussani e Gilton; Evandro, Auremir, Bruno Nazário,  Fumagalli e Claudinho; Eliandro.

O Guarani começou muito bem e cumpriu na primeira etapa o que o técnico Vadão trabalhou durante a última semana de preparação. A primeira boa chegada do alviverde aconteceu aos 5′, Bruno Nazário tabelou com Gilton e cruzou para Fumagalli cabecear rente ao poste direito de Eduardo Martini. Apesar de desperdiçar a primeira chance, o Bugre foi letal na segunda. Gilton descolou bom lançamento e Eliandro, com muita frieza, bateu firme na saída do goleiro para abrir o marcador.

O gol tranquilizou o Guarani na partida e fez com que o jogo fluísse com mais naturalidade. Aos 22′, Lenon invadiu a grande área, driblou o marcador mas chutou torto. O Brasil de Pelotas respondeu aos 29′. Marlon cobrou escanteio, Rodrigo Silva subiu livre mas cabeceou para fora. Apesar do susto, o Guarani continuou dominando. Bruno Nazário fez jogada espetacular, Eliandro dominou tirando do goleiro e Teco salvou em cima da linha. Aos 40′ foi a vez de Nazário desperdiçar. Fumagalli cobrou falta, o meia surgiu sozinho no segundo poste mas errou a cabeçada.

Após dominar completamente a primeira etapa o Guarani voltou para o segundo tempo querendo mais. Logo aos 8′, na primeira jogada de perigo o Bugre ampliou o marcador. Eliandro tocou para Fumagalli, o meia tocou para Claudinho que só escorou para Eliandro empurrar para o fundo do gol de Eduardo Martini. O atacante marcou o segundo do alviverde e o oitavo no ano.

Precisando reagir o Brasil de Pelotas se lançou ao ataque. Aos 16′, Marlon cobrou escanteio e Leandro Leite cabeceou no travessão de Leandro Santos. O goleiro do Bugre salvou mais uma vez aos 22′. Após cabeçada na trave, Bruno Lopes ficou cara a cara com o arqueiro e chutou a queima-roupa. Em um lance de extremo reflexo, Leandro levantou a perna e salvou o primeiro do xavante.

Aos 28′, o goleiro errou a saída de bola e Bruno Lopes tentou do meio-campo mas acabou errando o alvo. O Guarani só voltou assustar ao 38′. Caíque que entrara no lugar de Eliandro, serviu Bruno Nazário e o meio desperdiçou na frente de Martini. O Guarani criou bastante, errou muito mas mesmo assim voltou a Série B, depois de quatro anos, com vitória. O próximo confronto do Bugre é contra o Santa Cruz, em Recife.

Ficha Técnica

Guarani Futebol Clube x Grêmio Esportivo Brasil de Pelotas
Estádio Brinco de Ouro, em  Campinas

Arbitragem: Alisson Sidnei Furtado, Cipriano da Silva Sousa e Fernando Gomes da Silva

Gols: Eliandro aos 7′ do 1º T e aos 8′ do 2ºT
Cartões Amarelos: João Afonso, Bruno Souza
Cartão Vermelho:
Público e Renda: 0 – R$ 15.789,00

 Guarani Futebol Clube

Leandro Santos; Lenon, Genilson, Jussani e Gilton (Bruno Souza); Evandro, Auremir, Bruno Nazário,  Fumagalli (Juninho) e Claudinho; Eliandro (Caíque). Técnico: Oswaldo Alvarez.

Grêmio Esportivo Brasil de Pelotas 

Brasil-RS

Eduardo Martini; Eder Sciola, Teco, Evaldo e Marlon; Leandro Leite, João Afonso, Nem (Elias) e Juninho (Rafinha);Bruno Lopes e Rodrigo Silva (Gustavo Pappa). Técnico: Rogério Zimmermann

Este slideshow necessita de JavaScript.