Futebol Profissional

Bugre fica no empate com o Vila Nova

O próximo confronto é contra o Boa Esporte, em Varginha

Por Gabriel Ferrari
Publicado em 04/09/2017, às 23:06. Atualizado em 12/09/2017 às 10:36.

…

O Guarani recebeu o Vila Nova na noite desta segunda-feira (04), no Brinco de Ouro, em duelo válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e não conseguiu sair do empate. A proposta extremamente defensiva da equipe goiana surtiu efeito e o Bugre conheceu seu quinto empate na Segunda Divisão Nacional. O próximo confronto do alviverde é contra o Boa Esporte, terça-feira (12), às 19h15, em Varginha.

O Jogo

A semana do Bugre foi cheia. O extracampo foi intenso no Brinco de Ouro e Marcelo Cabo estreou no comando técnico da equipe. O novo treinador alviverde escalou o que tinha de melhor, promoveu a estreia de Paulinho e as entradas de Richarlyson, Rafael Silva e Bruno Mendes no time titular. O Guarani entrou em campo com: Vagner; Lenon, Willian Rocha, Ewerton Páscoa e Richarlyson; Evandro, Betinho e Bruno Nazário; Rafael Silva e Paulinho; Bruno Mendes.

A primeira etapa foi de muito estudo pelas duas equipes. A primeira oportunidade do Bugre foi a melhor no primeiro tempo. Aos 18′, Bruno Nazário cobrou falta no ângulo e Luís Carlos, com as pontas dos dedos, espalmou pela linha de fundo. O Vila Nova atacou pela primeira vez somente aos 29′, Alan Mineiro arriscou da intermediária mas mandou por cima, sem perigo ao gol de Vágner. Sem muitas emoções, as duas equipes foram ao vestiário com o empate no placar.

O segundo tempo começou um pouco mais agitado. Aos 6′, Paulinho tocou de calcanhar para Rafael Silva, o atacante arriscou mas mandou para longe. O Vila Nova respondeu logo em seguida, aos 8′, Alípio tentou chutar, a bola desviou e saiu em linha de fundo assustando o goleiro Vágner.  Aos 13′, Willian Rocha pegou o rebote, cabeceou de fora da área e por pouco não fez um golaço. O Guarani até chegou ensaiar uma pressão mas a partida se equilibrou novamente. Para tentar mudar o ímpeto Bugrino, Marcelo Cabo colocou Denner, Juninho e Eliandro nos lugares de Betinho, Rafael Silva e Bruno Mendes respectivamente.

Apesar da tentativa, o Bugre não conseguiu furar o bloqueio do adversário e conheceu seu quinto empate no Campeonato Brasileiro da Série B. O alviverde volta a campo na próxima terça-feira (12), em Varginha, contra o Boa Esporte.

Ficha Técnica

Guarani Futebol Clube x Vila Nova Futebol Clube
Estádio Brinco de Ouro, em Campinas – SP

Arbitragem: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES), Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antônio Zanotti (ES)
Gols:
Cartões Amarelos: Maguinho, Wesley Mattos e Filgueira – Guarani: Paulinho e Rafael Silva
Cartão Vermelho:
Público e Renda: 3.207 – R$ 48.560,00

Guarani Futebol Clube
Vagner; Lenon, Willian Rocha, Ewerton Páscoa e Richarlyson; Evandro, Betinho (Denner) e Bruno Nazário; Rafael Silva (Juninho) e Paulinho; Bruno Mendes (Eliandro)  – Técnico: Marcelo Cabo
Vila Nova Futebol Clube
Luis Carlos; Maguinho, Wesley Matos, Alemão e Gastón Filgueira; PH, Geovane, Alípio, Alan Mineiro (Marcelinho) e Mateus Anderson (Claudinei); Moisés (Jenison) – Técnico: Hemerson Maria