Copa São Paulo

Guarani vence, mas se despede da Copinha

Apesar da vitória, o Bugre não conseguiu tirar a diferença em relação ao Santa Cruz-PE

Por Gabriel Ferrari
Publicado em 07/01/2017, às 18:56. Atualizado em 08/01/2017 às 12:43.

…

Precisando vencer para manter a chance de classificação viva o Guarani entrou em campo contra o XV de Piracicaba, pela terceira rodada da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Com a mudança no comando técnico, Ângelo Foroni assumiu a equipe e deu uma injeção de ânimo nos garotos do Bugre. Em uma partida dominada desde o começo, o Guarani se impôs diante do adversário e venceu por 2 a 1. Léo e Salomão fizeram os gols do Guarani.

Apesar da vitória, a tão sonhada classificação à próxima fase não veio. O Guarani dependia de uma vitória por pelo menos três gols de diferença, do Ituano ou do próprio Santa Cruz, no segundo jogo do Grupo 16. A equipe do interior fez apenas 1 a 0 nos Pernambucanos e o Bugre ficou na terceira colocação. De acordo com o regulamento, apenas os dois melhores avançam.

O JOGO

Após a última partida contra o Santa Cruz, a diretoria do Guarani optou pela troca de comando na equipe sub-20. Ângelo Foroni, técnico do sub-17 do Bugre, subiu para ocupar o lugar de Renato Morungaba que deixara o time. O treinador promoveu a entrada de Abraão no lugar de Rafael Viana. O meio-campo do Bugre ganhou mais mobilidade e o Guarani conseguiu, durante a partida, jogar com mais facilidade em relação ao último jogo contra o Santa Cruz.

Apesar do bom volume de jogo quem começou melhor foram os piracicabanos. Aos 8′, Lúcio fez boa jogada pela direita, tocou para Spadottin e o atacante não aproveitou a boa oportunidade. Aos 14′, Spadottin invadiu a área pela direita, em jogada individual, e chutou cruzado para boa defesa de Carlão. Aos 20′, o XV quase abriu o placar: após falta na entrada da área, João Victor cobrou e acertou a trave do Bugre. A boa chegada acordou o Guarani. No lance seguinte, o Guarani abriu o placar. Aos 22′, Bruno roubou a bola, tocou para Poveda que serviu Léozinho, meia recebeu dentro da área e chutou forte para fazer o primeiro do Guarani.

Após o gol o Guarani sentiu o bom momento e foi para cima. Aos 24′, Léozinho recebeu boa bola na intermediária e obrigou o goleiro Léo fazer uma bela defesa para evitar o segundo do Bugre. O alviverde era superior e demonstrava com as boas chegadas, principalmente pelos lados do campo, com Bruno e Salomão. Aos 32′, Abraão lançou para Gabriel Poveda no comando de ataque, o atacante dominou e chutou forte, Léo apareceu bem novamente.

O Guarani não demorou para ampliar. Após falta sofrida por Bruno, Salomão, com extrema técnica, bateu por baixo da barreira e fez o segundo, aos 40′. O Bugre ainda teve tempo de dilatar ainda mais o marcador ainda no primeiro tempo. Aos 49′, Léozinho entrou na área e tocou para Elias, o atacante soltou uma bomba e acertou a trave. Apresentando ótimo volume de jogo e padrão tático o Guarani terminou o primeiro tempo em vantagem.

O segundo tempo começou com o Guarani repetindo o mesmo volume de jogo da primeira etapa. Logo aos 3′, Salomao fez ótima jogada mas Lúcio apareceu para cortar já na hora de concluir. O time de Piracicaba tentava chegar no contra-ataque, sempre com Spadottin. Aos 13′, o atacante recebeu na área bugrina e chutou cruzado: a bola passou na frente do gol e saiu.

O XV tanto tentou que conseguiu diminuir: João Marcos entrou driblando na defesa do Bugre e foi derrubado por Carlão, o árbitro assinalou pênalti. Diego cobrou e converteu, aos 25′. O Guarani tentava de todas as formas mas o cansaço tomou conta dos jogadores do Bugre. Apesar disso, algumas oportunidades apareceram antes do término da partida. Aos 50′, Zamian quase fez o terceiro. O atacante recebeu dentro da área e chutou cruzado, a bola passou tirando tinta da trave.

Com o resultado o Guarani se despede da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O Bugre precisava tirar a diferença de saldo em relação ao Santa Cruz, mas acabou nao conseguindo.

FICHA TÉCNICA

XV de Piracicaba x Guarani Futebol Clube
Estádio Novelli Júnior, em Itu

Arbitragem: Maycon Osvaldo da Silva, Daniel Paulo Ziolli, Adailton Alberto de Souza e Renan Carvalho de Faria

Gols:
Cartão Amarelo: Gabriel Carvalho, Gabriel Menino e Salomão
Cartão Vermelho:

Público e Renda: não divulgados

Guarani
Carlão; Bruno, Murylo, Gabriel Carvalho e Salomão; Caio Mazzo, Abraão, Carlos Augusto e Léozinho; Elias e Poveda
Técnico: Ângelo Foroni

XV de Piracicaba
Léo; Lúcio, Gaúcho, Lucão e Vitor; João Pedro, Diego, João Victor e Murilo; João Marcos e Spadottin
Técnico: Ronaldo Guiaro

 

Este slideshow necessita de JavaScript.